Árbitro relata 'maneira ofensiva e ostensiva' de Gabigol e xingamento: 'Vai tomar no seu c*'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Com menos de dez minutos de jogo, Gabigol levou um cartão vermelho no embate contra o Bahia, realizado neste domingo, no Maracanã, e válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lance causou revolta do atacante do Flamengo, que, mesmo com um jogador a menos durante boa parte do confronto, venceu por 4 a 3.

A expulsão foi direta, sem o árbitro Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP) titubear no vermelho aplicado, quando Gabigol ainda estava no chão - depois de dividida com um defensor tricolor. De acordo com o juiz, o camisa 9 o xingou e fez o seguinte, na saída de campo:

- Expulso por dirigir-se a mim de maneira ofensiva e ostensiva após a disputa de uma jogada, dizendo as seguintes palavras: "Vai tomar no seu c*".

- Fui informado pelo delegado da partida, sr. Marcelo Vianna, que após a expulsão do jogador da equipe Clube de Regatas do Flamengo, sr. Gabriel Barbosa almeida de n°9 que o mesmo proferiu no túnel de acesso aos vestiários as seguintes palavras: "Eu não falei nada disso, mas agora vou falar, vai tomar no c8, vai tomar no c*."

Gabigol, assim, será desfalque automaticamente na partida do dia 26, contra o Fortaleza, no Castelão e pela 27ª rodada do Brasileirão.

> Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

Com o relato na súmula, Gabigol pode pegar até seis jogos de suspensão, pois tem a possibilidade de ser enquadrado no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que diz respeito a "ofender alguém em sua honra". A pena varia de quatro a seis jogos de suspensão e ainda prevê multa de R$ 100 a R$ 100 mil.