Árbitro que urinou em campo em jogo da Copa do Brasil sofre de incontinência urinária

LANCE!
·2 minuto de leitura

A vitória do Boavista sobre o Goiás por 3 a 1 na primeira fase da Copa do Brasil não foi a única surpresa da partida desta quinta-feira. O árbitro Dênis Serafim roubou a cena quando, momentos antes da bola rolar no Rio de Janeiro, ele urinou em campo. Em nota, a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF) explicou que o juiz sofre de incontinência urinária e não tomou sua medicação no dia. 

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

- A entidade vem a público prestar solidariedade ao árbitro Dênis da Silva Ribeiro. A sua boa atuação em Boavista e Goiás, na noite da última quinta-feira pela Copa do Brasil, terminou ofuscada por uma situação extremamente incômoda para quem, assim como ele, tem incontinência urinária - lê parte da nota assinada pelo presidente da ANAF, Salmo Valentim.

Leia também:

A ANAF pediu "empatia da sociedade" e "discernimento" da CBF em uma possível punição para o árbitro. Ainda de acordo com a nota, cerca de 10 milhões de brasileiros sofrem com a incontinência urinária e Dênis é um juiz "experiente e de qualidade técnica reconhecida" que passou por um constrangimento. 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Nota da ANAF sobre Dênis Serafim:

"As redes sociais são implacáveis. Condenam, difamam e transformam em chacota sem ao menos dar oportunidade de “defesa” à vítima. Posturas que a @anaf.brasil não só repudia como combate. A entidade vem a público prestar solidariedade ao árbitro Dênis da Silva Ribeiro. A sua boa atuação em Boavista x Goiás, na noite da última quinta-feira pela Copa do Brasil, terminou ofuscada por uma situação extremamente incômoda para quem, assim como ele, tem incontinência urinária. No Brasil, cerca de 10 milhões* de pessoas são acometidas por essa doença. Dênis não havia tomado o remédio antes da partida e, por isso, acabou passando por esse constrangimento flagrado pelas câmeras de TV. Pedimos empatia à sociedade e discernimento à CNA da @cbf_futebol para avaliar esse caso. Dênis é um árbitro experiente, de qualidade técnica reconhecida e não merece receber qualquer tipo de punição na esfera desportiva. Já basta a condenação pública e equivocada das redes sociais nas últimas horas.

Salmo Valentim
Presidente da ANAF"

​A Copa do Brasil continua nesta terça-feira, 16 de março, com mais duas partidas da primeira fase da competição.