Árbitro Marcelo de Lima Henrique conta que já recebeu oferta de 'presente' antes de jogo

·1 min de leitura
Marcelo de Lima Henrique em campo. Árbitro é velho conhecido no futebol carioca (Foto: Bruno de Lima/ LANCE!Press)


Muito conhecido pelos torcedores cariocas, o árbitro Marcelo de Lima Henrique contou, em entrevista ao "Charla Podcast", que já recebeu uma proposta para "entregar" um jogo no início da carreira, quando ainda apitava na base.

- No início de carreira eu fui fazer um jogo no interior... Base. Você não tem noção. Agora não sei como está. Eu cheguei no estádio, muito longe da capital, e um diretor: "Vem almoçar com a gente, no refeitório dos atletas". Você nem sabe o que é ser árbitro ainda. Hoje você não vai (almoçar com um diretor) porque o cara vai falar bobagem… Pô, eu estou lá almoçando. "(Dirigente falando) Se meu time ganhar, vou dar um presente que eu sempre dou aqui". Eu falei: “Chefe, o senhor me fez eu largar a comida aqui agora". Juro pra você. Larguei a comida e fiquei com fome“ - disse Marcelo Henrique.

Aos 50 anos, Marcelo de Lima Henrique hoje integra a Federação Cearense de Futebol. O árbitro conta que não tem amigos em clubes, evitando relações próximas com jogadores e dirigentes.

- Não tenho amigo dirigente, não tenho amigo jogador. Cada um no seu quadrado. Acho que essa postura espanta algumas coisas - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos