Árbitro justifica expulsão de Nino em Santos x Fluminense por 'ofensa à honra'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O árbitro Sávio Pereira de Sampaio explicou na súmula do empate por 1 a 1 entre Santos e Fluminense a expulsão do zagueiro Nino. O jogador levou um cartão vermelho direto e, segundo o juiz, o motivo foi uma ofensa após a marcação de uma falta, que gerou o gol do time paulista.

> Veja as contas atualizadas para título, G6 e rebaixamento no Brasileirão

- Após a marcação de uma falta contra sua equipe o mesmo proferiu as seguintes palavras para mim "vai tomar no seu **", de forma ofensiva em alto tom de voz . Me senti ofendido em minha honra com esta atitude - descreveu.

No mesmo lance, Sávio Pereira já havia advertido Nino com um cartão amarelo. Neste caso, a justificativa foi pelo zagueiro "desaprovar com palavras ou gestos as decisões da arbitragem - Por reclamar e desaprovar as decisões da arbitragem".

VEJA E SIMULE A TABELA DO BRASILEIRÃO

Após a partida, Nenê e Marcão reclamaram da conduta da arbitragem ao longo da partida. As principais críticas envolveram os critérios para marcação de faltas e os cartões amarelos.

O resultado deixou o Fluminense mais distante de uma vaga direta na Libertadores. O Tricolor é o quinto colocado, com 61 pontos conquistados. Na última rodada, recebe o Fortaleza, no Maracanã.