Árbitro francês que teve polêmica com Neymar morre durante treino

Neymar lesionou o quinto metatarso do pé direito contra o Strasbourg, em 2019 (Foto: AFP)


O mundo do futebol teve uma notícia inusitada nesta quarta-feira. O árbitro francês Johan Hamel, que teve polêmica com Neymar, faleceu aos 42 anos. Segundo a apuração do jornal L'Équipe, o juiz teve um AVC durante um treino na terça-feira.

O árbitro ficou conhecido mundialmente por severas críticas depois de uma partida entre PSG e Strasbourg, pela Copa da França, em 2019. Johan foi acusado por torcedores de contribuir com a lesão no quinto metatarso do pé direito do camisa 10 do PSG.

+ Abertura da Copa do Mundo 2022: veja data, horário e atrações da cerimônia

Na visão dos telespectadores, o juiz teria sido complacente com as faltas violentas que resultaram na lesão do craque brasileiro. Neymar chegou a sair aos prantos de campo com fortes dores.

O anúncio da morte de Hamel teve grande comoção no futebol francês. Diversas homenagens foram feitas em nome do árbitro ao longo do dia. O sindicato de árbitros do país chegou a postar mensagem de condolências à família do juiz.

+ Shakira é mais uma artista a recusar participação na cerimônia da Copa do Mundo, diz TV

- Para sua família, parentes e amigos, SAFE e os árbitros enviam suas mais profundas condolências. Johan, sentiremos sua falta - publicou o sindicato nas redes sociais.

Johan Hamel esteve na elite do futebol francês durante os últimos 12 anos. No último domingo, ele esteve na cabine do VAR na goleada do PSG contra o Auxerre por 5 a 0, pela Ligue 1.