Árbitro conta que não viu o vídeo da agressão de jogador: 'Vou ficar bem logo, logo'

·1 minuto de leitura

Depois de passar a noite no hospital após ser agredido com um chute na cabeça por um jogador do São Paulo de Rio Grande, o árbitro Rodrigo Crivellaro recebeu alta nesta terça-feira. Willian Ribeiro, autor dos golpes, foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e pode ser sentenciado de 12 a 30 anos de reclusão.

- Estou bem, tudo certo. Graças a Deus não foi nada grave. Vou ficar bem logo, logo - disse Rodrigo Crivellaro.

Leia também:

O árbitro agradeceu a rede de suporte e disse que ainda não viu as imagens da agressão.

- Nem mexi muito no celular, depois vou ver com calma. Agora vou descansar, ficar mais tranquilo - relatou.

À ESPN, o delegado Vinicius Lourenço de Assunção, responsável por autuar William Ribeiro, disse que o jogador foi preso em flagrante por assumir o risco de tirar a vida do árbitro.

- O atleta foi apresentado em flagrante de delito pela Polícia Militar após agredir o árbitro, que desmaiou. Ele (árbitro) teria recebido um soco e depois um chute, fazendo o ficar inconsciente. Conversei com a médica, foi feito uma tomografia do crânio, raio-x na coluna, tórax e bacia também - disse o delegado.

A partida entre São Paulo-RS e Guarani foi encerrada logo após a agressão. O entrevero entre os dois ocorreu aos 16 minutos do segundo tempo. Depois de derrubar o árbitro, William Ribeiro acerta um chute na nuca de Rodrigo Crivellaro, que chegou a ficar desacordado.

O São Paulo-RS repudiou a ação de seu jogador, e informou via rede social que rescindiu o contrato com William Ribeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos