Às vésperas da partida contra o Bahia, Vasco paga salário de novembro a jogadores e funcionários

LANCE!
·2 minuto de leitura


Em meio à reta final do Brasileiro e às vésperas do confronto decisivo contra o Bahia, a nova diretoria do Vasco efetuou o pagamento da folha salarial de novembro a atletas e funcionários. Além disto, quitou a dívida do direito de imagem e salário na carteira de trabalho. Esta foi uma das promessas do presidente Jorge Salgado no encontro que teve com os colaboradores do clube no início desta semana.

> Confira e simule a classificação do Campeonato Brasileiro 2020


Com isso, o Vasco ainda deve a folha salarial de dezembro e o 13º a atletas e funcionários. Cabe salientar, que o mês de janeiro teria o vencimento no próximo dia 5, porém com o acordo verbal realizado entre as partes envolvidas, passa a valer o dia 20. A informação foi inicialmente divulgada pelo "Globoesporte".

> Confira mais notícias sobre o Vasco

Dessa forma, é a segunda vez que a nova diretoria efetua o pagamento de um salário atrasado em apenas 22 dias. O primeiro foi realizado no dia 7 de janeiro ainda na transição entre Alexandre Campello e Jorge Salgado. Antes disso, o mandatário havia prometido efetuar o pagamento no dia 2 de janeiro, data em que Vanderlei Luxemburgo se apresentou ao elenco.

- O Vasco é uma instituição permanente, que precisa honrar seus compromissos com todos que se dedicam diariamente a seu serviço. O pagamento dos salários atrasados é uma das principais metas do início da nossa gestão e estamos trabalhando para que este assunto delicado fique logo no passado. Em menos de um mês, teremos quitado duas folhas atrasadas, e esta é uma demonstração do trabalho sério que se inicia - declarou o presidente no início desta semana.

Com 36 pontos, os comandados de Vanderlei Luxemburgo seguem na décima quarta colocação. Porém, com a vitória do Bahia sobre o Corinthians na última quinta, o fantasma do rebaixamento voltou a se aproximar. Uma vitória no domingo será essencial para o futuro do Vasco na competição por ser um jogo de seis pontos (confronto direto).