Norrie sonha alto: 'Quero estar o mais perto do número 1'

Abierto Telcel


Em entrevista ao Eurosports, o britânico Cameron Norrie, 12º ATP, e falou sobre as expectativas que tem para a disputa do torneio de Wimbledon, em que chega como o número 1 local. Norrie já se acostumou em ser destaque e sonha com Nº1 do mundo.

"Acho que ser o número um britânico é algo que você leva sem problemas, é uma consequência da minha evolução nos últimos anos. Chegar a Wimbledon como o melhor do meu país significa que estou onde quero estar. É claro que seria ótimo estar um pouco mais alto no ranking ATP, mas ainda tenho muito a melhorar no meu tênis e estou gostando do desafio de jogar na grama. Até hoje, gosto muito dessa superfície. Acho que fiz uma gira muito boa no ano passado e isso me deu muita confiança. Eu não joguei muito na grama na minha carreira, então ainda estou aprendendo, mas é emocionante. É uma superfície que se adapta bem ao meu jogo, pois eu ' sou canhoto e meu backhand é muito raso. É um bom piso para mim", comentou.

O britânico contou que se sente muito orgulhoso do que construiu em especial nas duas últimas temporadas e que gosta de servir de exemplo para os mais jovens. Entretanto, Norrie tem sonhos maiores: "Quero voltar ao top 10 e quero fazer parte do top 5. E mais: sei que o caminho é muito longo, mas meu objetivo final é chegar mais perto do número 1 do mundo. Estar no top 10 foi ótimo, mas tenho que continuar fazendo essas coisas e levá-las a uma escala maior. Agora há jogadores que jogam muito bem contra mim porque são os azarões e não têm nada a perder. Enfrentar nomes como Grigor Dimitrov, que foi número 3 do mundo e esteve nas semifinais de Grand Slams, com o papel de favorito foi uma grande mudança para mim", confessou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos