Neymar se torna um dos 15 maiores artilheiros da história da Champions

JACK GUEZ / AFP


Um ano, nove meses e cinco dias. Esse foi o tempo que durou o jejum de gols de Neymar na Champions League. Autor do gol que fechou a vitória de virada por 3 a 1 do PSG sobre o Maccabi Haifa, nesta quarta-feira, o brasileiro havia marcado pela última vez em dezembro de 2020, quando balançou as redes três vezes na goleada de 5 a 1 dos franceses sobre o Basaksehir, da Turquia.

> GALERIA: Neymar tem força reduzida no FIFA 23: veja o overall do atacante no game ao longo do tempo

Neymar agora soma 42 gols na principal competição de clubes do mundo, se tornando assim o 15º maior artilheiro da disputa em todos os tempos. Recordista entre os brasileiros, o craque superou o argentino Kun Aguero e empatou com o italiano Del Piero, ambos já aposentados dos gramados.

Revelado pelo Santos, o camisa 10 está em sua décima temporada na Europa, a sexta pelo Paris Saint-Germain. Campeão em 2014/2015 com o Barcelona, o atacante soma 77 jogos na competição.

MAIORES ARTILHEIROS DA HISTÓRIA DA CHAMPIONS

1º - Cristiano Ronaldo - 140 gols
2º - Messi - 126 gols
3º - Lewandowski - 89 gols
4º - Benzema - 86 gols
5º - Raul - 71 gols
6º - Ruud van Nistelrooy - 56 gols
7º - Thomas Müller - 49 gols
8º - Henry - 50 gols
9º - Di Stéfano - 49 gols
10º - Ibrahimovic - 48 gols
Shevchenko - 48 gols
12º - Eusébio - 46 gols
Inzaghi - 46 gols
14º - Drogba - 44 gols
15º - Neymar - 42 gols
Del Piero - 42 gols