Neto Moura, Zé Ivaldo e mais: Cruzeiro volta atenção para situações contratuais de jogadores

Zé Ivaldo é titular absoluto na zaga de Paulo Pezzolano - Gustavo Aleixo/Cruzeiro


Virtualmente classificado para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, e muito perto do título da Série B, o Cruzeiro já começa a pensar em seu elenco para a próxima temporada. Com muitos jogadores em fim de contrato, especialmente de empréstimos, a diretoria cruzeirense precisará decidir seus investimentos.

Zé Ivaldo foi um dos jogadores mais utilizados pelo técnico Paulo Pezzolano ao longo do ano, titular absoluto na defesa celeste. O jogador está emprestado pelo Athletico-PR até o fim da temporada, sem direitos econômicos fixados. A vantagem do Cruzeiro na situação é a vontade do jogador de seguir no clube. O atacante Jajá está em situação parecida.

Neto Moura é outro importante jogador do elenco de Paulo Pezzolano que tem contrato de empréstimo vencendo. Entretanto, o jogador tem direitos econômicos fixados. Em situações parecidas estão Matheus Bidu, Chay e Pablo Siles. O Cruzeiro deverá decidir em breve quais multas contratuais irá pagar.

Outros jogadores que têm contratos perto do fim são Leo Pais, Fernando Canesin, Filipe Machado, Rodolfo, Luvannor e Rafa Silva. Os dois últimos deverão ter as permanências concretizadas em breve, uma vez que têm a opção de renovação por mais uma temporada.

A situação de Willian Oliveira é a mais diferente. O jogador tem contrato de empréstimo com o Cruzeiro até fevereiro de 2023. A partir daí, a Raposa poderá assinar um novo pré-contrato com o jogador, o tendo novamente em seis meses.