Neto comemora queda do Palmeiras na Libertadores e detona atitudes de Abel Ferreira: 'Não sabem perder'

Apresentador foi a loucura com a eliminação do Palmeiras (Foto: Reprodução/Donos da Bola)


Neto não deixou de comemorar a queda do Palmeira para o na Taça Libertadores, para o Athletico. O apresentador do "Donos da Bola" iniciou o programa desta quarta-feira soltando confetes para alto. No entanto, logo em seguida, ponderou a euforia e criticou as constantes reclamações do técnico Abel Ferreira após eliminações do clube nas competições disputadas.

+ Zoeiras sem limites! Veja memes com o tradicional “Palmeiras não tem Mundial”

- Chega uma hora que cansa, né? O Palmeiras ganha quase que tudo, seria a terceira final de Libertadores seguida, aí terminando o jogo é uma coisa impressionante, sai antes. Aí a Leila vem dar entrevista totalmente nada a ver. É uma coisa impressionante como não sabem perder, não sabem valorizar o adversário - afirmou o ex-jogador.

+ Leila Pereira coloca 'panos quentes' em eliminação do Palmeiras e faz elogios: 'Incansáveis'

Durante a entrevista coletiva após a partida, Abel Ferreira demonstrou muita indignação em relação aos árbitros do jogo. Para o português, Alex Santana deveria ter sido expulso por uma cotovelada em Rony, além de acreditar que os ‘critérios foram diferentes’.

- Gostaria que o árbitro fosse ali no vestiário para falar com meus jogadores. É a primeira vez na história que vejo um cartão amarelo por uma agressão. Enfim, devo parabenizar o Athletico Paranaense, que deu o seu melhor. Fico triste pois meus jogadores não deveriam sair dessa maneira dessa competição. Merecíamos sair de outra forma, não por terceiros. Houveram fatores que condicionaram o resultado. Acho que todos viram o mesmo que eu. O lance da cotovelada no Rony deveria ter sido para expulsão. É difícil, merecíamos mais - disse o português.

+ Mauro Cezar não vê agressão em lance polêmico de Palmeiras x Athletico: 'Empurrãozinho'

Eliminado da Copa do Brasil e fora da Libertadores, agora, o Palmeiras tenta manter a liderança do Brasileirão contra o Juventude, no sábado, às 21h, ainda no Allianz Parque. Já o Athletico-PR, por sua vez, volta a entrar em campo no domingo, às 11h, diante do Avaí, fora de casa, também pelo nacional.