Narradora da Band se emociona em despedida do Brasileirão feminino

Torneio será novamente exibido na TV aberta em 2023 (Foto: Reprodução/Band)


A decisão entre Corinthians e Internacional marcou a despedida da Band do Brasileirão feminino. A partir de 2023, a competição será transmitida com exclusividade pela TV Globo. Após o fim da partida, discursos emocionados tomaram conta da transmissão.

+ Carrasco do Barcelona é anunciado em novo clube, PSG quer renovar com Messi… O Dia do Mercado!

A narradora Isabelly Morais exaltou a participação da emissora na divulgação da modalidade nos últimos anos.

- Pessoal, no ano que vem o Grupo Bandeirantes não vai mais transmitir o Brasileiro Feminino, mas nós não vamos nos esquecer dessas mulheres. Elas seguirão protagonistas na nossa programação. Não mais com as transmissões, mas dentro dos nossos programas esportivos. E nós seguiremos aqui, atentos, sempre, para que este novo ciclo de direitos do Brasileirão Feminino possa seguir bem. E esperamos que elas tenham o mesmo tratamento que tiveram aqui - disse Isabelly, muito emocionada.

+ PC Vasconcellos exalta público na final do Brasileirão feminino entre Corinthians x Internacional

Na transição para o programa "Brasil Urgente", comandado por José Luiz Datena, o apresentador, que participou das equipes esportivas da emissora na década de 90, falou sobre a importância do locutor Luciano do Valle, que morreu em 2014, para a divulgação da modalidade.

- Em um momento como esse, não podemos deixar de falar do Luciano do Valle, que foi o maior incentivador disparado do futebol feminino no Brasil. Ele pegava a principal equipe que tinha às mãos, colocava o Juarez Soares comentando, ele mesmo transmitia, eu, o Eli (Coimbra) e o Tatá (Muniz) fazíamos as reportagens de campo. Era uma festa o futebol feminino - lembrou Datena.

+ Título brasileiro feminino rende ao Corinthians quase 60% que o clube havia embolsado desde 2018

SOBRE O JOGO

Na tarde deste sábado (24), as meninas corintianas dominaram praticamente todo o jogo de volta da final do Brasileirão Feminino e bateram o Internacional por 4 a 1, conquistando o tetracampeonato nacional em uma Neo Química Arena que recebeu o melhor público em um jogo de futebol feminino no Brasil (e também o maior da América do Sul).

Foram 41.070 pessoas que acompanharam o triunfo corintiano, superando os 36.330 que estiveram no Gigante do Beira Rio, na semana passada, no confronto de ida.