Na Serrinha, Goiás vence clássico, cola no G6 e complica o Atlético-GO

Goiás venceu o clássico contra o Dragão na Serrinha (Foto: Divulgação / Atlético-GO)


No clássico da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Goiás recebeu o Atlético-GO no Estádio da Serrinha, em Goiânia, e quem levou a melhor foram os donos da casa. O Verdão impôs sua força em casa e, com um gol em cada etapa, garantiu a vitória por 2 a 1 para alívio do técnico Jair Ventura, porém para frustração de Jorginho.

Klaus, contra, e Marquinhos Gabriel marcaram os gols do Goías, enquanto Shaylon, já na reta final de partida, descontou para o Dragão. Com o resultado, os mandantes chegaram aos 32 pontos, pulando para a 9ª colocação. Já os visitantes, por conta do tropeço, estacionaram na 19ª posição com seus 22 pontos.

+ VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO E SIMULE RESULTADOS

GOIÁS ABRE A CONTAGEM
Com o fator casa a seu favor, a equipe do Goiás não demorou muito tempo para inaugurar o placar na Serrinha. Aos 10 minutos, depois de uma cobrança de escanteio de Marquinhos Gabriel, Caetano testou para o gol, e o desvio em Klaus matou qualquer chance de defesa de Renan.

Praticamente no lance seguinte, aproveitando o momento, a equipe mandante chegou a ampliar com Pedro Raul após cruzamento de Marquinhos Gabriel. Entretanto, o gol acabou anulado já que o atacante foi flagrado em posição de impedimento.

ATLÉTICO-GO BUSCA REAÇÃO
O técnico Jorginho, preocupado não somente pelo fato de sua equipe estar perdendo, mas também pela necessidade de uma vitória para deixar as últimas posições, resolveu então promover suas primeiras trocas fazendo três de uma vez aos 29 minutos de jogo.

Com suas mudanças em campo, unido ao fato da parada técnica para a hidratação dos atletas, o Dragão até chegou a melhorar um pouco. Buscando mais o ataque conseguiu criar boas chances, porém ainda encontrando dificuldades em encontrar seu gol sendo a melhor delas com Wellington Rato, que viu seu chute assustar o goleiro Tadeu.

VANTAGEM DO VERDÃO AUMENTA
Não muito diferente de como foi na etapa inicial, a equipe comandada por Jair Ventura tratou de marcar logo nos primeiros minutos. Desta vez aos oito minutos, Marquinhos Gabriel pegou a sobra na área rival batendo sem chances para Renan.

E se a situação já não era das mais fáceis, ficou ainda complicada para o Dragão. Momentos depois, Hayner recebeu o cartão vermelho, e deixou os visitantes com um a menos em campo.

FINAL COM EMOÇÃO
Na reta final de partida, a vantagem numérica do Goiás caiu por terra quando Caio Vinícius foi expulso por entrada forte de carrinho. Na igualdade, o Atlético tratou de ir para cima e se deu bem. Aos 38 minutos, Shaylon recebeu na área, girou em cima da marcação e bateu para o fundo da rede para diminuir.

Apesar do gol marcado no fim, o Atlético-GO não conseguiu transformar o volume em gols e os três pontos ficaram com o Esmeraldino.

FICHA TÉCNICA
Goiás 2x1 Atlético-GO


Data e horário: 27/08/2022 - 16h30 (de Brasília)
Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Nailton de Sousa Oliveira (CE) e Márcia Lopes Caetano (RO)
VAR: Rafael Traci (SC)

Cartões amarelos: Maguinho, 15'/1ºT; Wanderson, 34'/1ºT; Auremir, 3'/2ºT;

Cartão vermelho: Hayner, 11'/2ºT; Caio, 34'/2ºT

Gols: Caetano, 10'/1ºT (1-0); Marquinhos Gabriel, 8'/2ºT (2-0); Shaylon, 38'/2ºT (2-1)

GOIÁS: Tadeu; Maguinho (Caio, no intervalo), Caetano, Reynaldo e Sávio (Danilo Barcelos, 33'/2ºT); Auremir (Matheus Sales, aos 13'/2ºT), Marquinhos Gabriel (Luan Dias, 32'/2ºT) e Diego (Apodi, aos 22'/2ºT); Vinicius, Pedro Raul e Dadá Belmonte. (Técnico: Jair Ventura)

ATLÉTICO-GO: Renan; Hayner, Wanderson, Klaus e Arthur Henrique; Gabriel Baralhas (Edson Fernando, aos 28'/2ºT; Dudu, 31'/2ºT), Marlon Freitas e Jorginho (Kelvin, aos 28'/2ºT; Shaylon, 31'/2ºT); Airton (Peglow, aos 28'/2ºT), Wellington Rato e Luiz Fernando. (Técnico: Jorginho)