Na Justiça, Neymar vence prefeitura que cobrava imposto de R$ 4 milhões por negociação com o Barcelona

Neymar deixou o Santos rumo ao Barcelona; atualmente é o camisa 10 do PSG (Reprodução/Instagram/Neymar)


A empresa N&N Consultoria, que cuida da carreira de Neymar e pertence ao jogador em sociedade com seus pais, venceu a prefeitura de São Vicente, cidade do interior de São Paulo que cobrava R$ 4 milhões de ISS (Imposto Sob Serviço) sob o valor pago pelo Barcelona para contratar o então atacante do Santos, em 2013. A informação foi publicada pelo 'Uol Esportes'.

Segundo o processo, a prefeitura afirma que a empresa não teria enviado notas fiscais referentes ao negócio. A decisão do juiz foi favorável em primeira instância a defesa da empresa do jogador e o processo foi julgado como extinto. No entanto, a prefeitura entrou com um recurso, que foi recusado pelo juiz Fabio Taborda.

+ Barcelona e Neymar encerram processo de forma amigável

A prefeitura de São Vicente entrou com novo recurso alegando que tem direito ao tributo na negociação de 40 milhões de euros de Neymar com o Barcelona. A porcentagem chegaria a R$ 1,5 milhão, com o valor chegando a R$ 4 milhões por causa de multas e correções monetárias.

A defesa de Neymar alegou que o pedido da prefeitura faz referência a um acordo de 2011 que previa acerto futuro - ou seja - uma preferência de compra, com os valores sendo depositados a partir de 2013. Sendo assim, o acordo não poderia ser cobrado em cima de um acordo futuro.