Na estreia de Yuri Alberto, garotos garantem vitória do Corinthians sobre o Coritiba


O Corinthians voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira (20), o Timão bateu o Coritiba por 3 a 1 , na Neo Química Arena, pela 18ª rodada da competição nacional.

+ GALERIA - Balbuena voltou! Relembre todos os gols do zagueiro pelo Corinthians

O triunfo foi construído com gols de Róger Guedes, ainda na etapa inicial, tempo, e os 'miúdos' Adson e Raul Gustavo, no segundo tempo. O primeiro, inclusive, saiu do banco de reservas e foi às redes dois minutos após entrar em campo.

O Coxa foi às redes com o zagueiro Luciano Castán, mas não foi o suficiente.

Com os três pontos conquistados, o Time do Povo dorme na segunda colocação do Brasileiro, mas pode ser ultrapassado pelo Atlético-MG, caso o Galo vença o Cuiabá, fora de casa, nesta quinta-feira (21).

+ TABELA - Simule os jogos de Corinthians e Coritiba no Brasileirão

COXA COMEÇA ASSUSTANDO

Logo no primeiro minuto de partida, o Coritiba teve grande chances de abrir o placar em uma saída de bola errada do Rafael Ramos. Igor Paixão finalizou, a bola chegou a desviar, mas ficou com certa tranquilidade com o goleiro Cássio.

DE NOVO, RAFA RAMOS?!

O lateral-direito novamente perdeu a posse de bola, dessa vez no meio-campo e deu todo o campo para Alef Manga avançar. O camisa 11 do Coxa invadiu a área e bateu cruzado para fora. Régis fechava livre no segundo pau e ficou revoltado com a jogada individual do companheiro.

WILLIAN NO 220

O camisa 10, que voltou de uma lesão no ombro esquerdo, começou a partida indo para cima da marcação e mandando no lado direito ofensivo. Ele foi para cima da marcação do Coxa, deixou marcadores no chão.

Aos 29 minutos, Willian protagonizou o melhor momento corintiano até então, quando recebeu boa bola pela direita e finalizou cruzado com perigo, para Muralha fazer a defesa.

AÍ NÃO, RÉGIS

Aos 20 minutos do primeiro tempo, o Coritiba teve uma das melhores chances de abrir o placar, com Régis. Mas o meia, ex-Timão pegou muito mal na bola, ao receber um cruzamento de Alef Manga. O chute, de primeira, saiu torto e foi para fora.

O meia do Coritiba perdeu novamente uma grande chance dez minutos depois, novamente após uma grande jogada de Alef Manga, que teve bom momento individual pela direita, cruzou para trás e encontrou Régis sozinho. Porém, o jogador bateu para fora.

COM PARTICIPAÇÃO DE YURI ALBERTO, TIMÃO ABRE O PLACAR

Aos 36 minutos da etapa inicial, o Timão abriu o placar. Yuri Alberto fez pressão na saída de bola e ganhou de Guillermo de los Santos. Na sequência, o centroavante cruzou, Luciano Castán afastou mal e a bola sobrou para Róger Guedes, de chapa, mandar para o fundo do gol.

Corinthians x Coritiba
Corinthians x Coritiba

Timão venceu o Coritiba em casa (Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians)

WILLIAN SEGUE FRENÉTICO

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Willian seguiu como foi na etapa inicial: indo para cima da defesa do Coritiba. O camisa 10 recebeu de Maycon, tentou encontrar Róger Guedes, mas foi travado.

CÁSSIO!!!!!

Completando 602 jogos e se tornando o goleiro com mais partidas pelo Timão, o Gigante fez mais uma apresentação com grandes defesas. Aos sete da etapa final, Igor Paixão puxou contra-ataque, serviu Alef Manga, que bateu no canto esquerdo e viu o camisa 12 voar para defender.

OS HUMILHADOS DO COXA SÃO EXALTADO

Logo na sequência da defesa de Cássio, o Coxa chegou ao gol de empate, justamente com a dupla que protagonizou a falha que resultou na abertura do placar por parte do Corinthians: os zagueiros Guillermo de los Santos e Luciano Castán.

Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Egídio na esquerda, e o lateral cruzou no segundo pau. Guillermo escorou de cabeça e Castán completou para a rede.

SE TEM CÁSSIO LÁ, TEM MURALHA CÁ

Fazendo jus ao apelido, Alex Muralha salvou uma boa chegada do Timão, aos 16 minutos do segundo tempo, quando Róger Guedes desviou um cruzamento rasteiro de Lucas Piton e quase encobriu o goleiro do Coxa, que fez grande defesa.

ESTRELA DE ADSON

Dois minutos em campo foi o suficiente para Adson deixar a sua marca. O garoto que entrou aos 18 minutos da etapa final, colocou o Timão novamente na frente do marcador, quando Mosquito cruzou pela direita, Raul Gustavo brigou pelo alto e a bola sobrou para o camisa 28 finalizar de primeira.

ALEF MANGA TENTA EMPATE PARA O COXA

Aos 28 minutos, Igor Paixão cruzou pela esquerda e Alef Manga finalizou para fora, vindo da segunda trave e pegando de primeira.

YURI TENTA AMPLIAR PARA O TIMÃO

Gustavo Mosquito, aos 30 minutos do segundo tempo, recebeu a bola na entrada da área e finalizou rasteiro, a bola foi bloqueada e voltou para Yuri Alberto, mesmo caído, chutando para a defesa de Alex Muralha.

MARCA, RAUL!

O Timão fechou o placar aos 39 minutos do segundo tempo, com Raul Gustavo. O zagueiro aproveitou um ótimo cruzamento de Mosquito, pela direita, e escorou de cabeça para anotar o terceiro e único gol corintiano no jogo.

MAIS UMA DE CÁSSIO

Antes da bola parar de rolar, Cássio fez mais uma grande defesa. A bola pipocou na área e sobrou para Léo Gamalho, que encheu o pé e parou no Gigante corintiano.

CORINTHIANS 3 X 1 CORITIBA
CAMPEONATO BRASILEIRO - 18ª RODADA

Local:
Neo Química Arena, São Pauo (SP)
Data e hora: 20 de julho de 2022, às 21h30
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (FIFA/RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Público/renda: 40.136 pessoas / R$ 2.535.409.50
Cartões amarelos: Rafael Ramos (Corinthians); Val e Willian Farias (Coritiba)
Cartões vermelhos: -
Gols: 1-0 Róger Guedes (36'/1T); 1-1 Luciano Castán (8'/2T); 2-1 Adson (20'/2T); 3-1 Raul Gustavo

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos (Fagner, intervalo), Gil, Raul Gustavo e Piton; Cantillo, Roni (Adson, 18'/2T) e Maycon (Du Queiroz, 23'/2T); Willian (Giuliano, 18'/2T), Yuri Alberto e Róger Guedes (Gustavo Mosquito, 18'/2T). Técnico: Filipe Almeida

CORITIBA: ​Alex ​Muralha; Natanael (Nathan, 41'/2T), Guilhermo de los Santos, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias (Bernardo, 41'/2T), Val (Thonny Anderson, 41'/2T) e Régis (Adrián Martin; Alef Manga, Léo Gamalho e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Morínigo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos