Na Arena Castelão, Ceará e Athletico-PR não saem do zero pelo Brasileiro


Em situações opostas no Campeonato Brasileiro, Ceará e Athletico-PR mediram forças na noite deste sábado (27), pela 24ª rodada, na Arena Castelão, em Fortaleza. Tanto os donos da casa quanto os visitantes pouco criaram emoções, o que fez com que o placar não fosse alterado ao longo da partida.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Com o resultado, o Vozão chega aos 27 pontos, seguindo na 15ª colocação, enquanto o Furacão foi aos 39 pontos e dorme na 5ª posição.

INÍCIO DE JOGO MOVIMENTADO

Mesmo jogando longe de seus domínios, o Athletico mostrou que não estava disposto a ser surpreendido pelo Ceará. Com isso, até meados dos 15 minutos, criou mais chances em campo dando trabalho ao sistema defensivo do Vozão.

No entanto, com o passar do tempo, a equipe da casa conseguiu equilibrar as ações. Acionando seus jogadores de frente como Vina e Vásquez, o Vozão fez com que o goleiro Anderson se mostrasse atento a qualquer lance em sua área.

CONFRONTO PASSA A FICAR EQUILIBRADO

Já na reta final da etapa, com o placar parcial zerado, os dois times se lançavam ao ataque na tentativa de levar uma vantagem, mesmo que mínima, aos vestiários. Entretanto, apesar do lá e cá, a bola insistiu em não balançar as redes até os acréscimos dado pelo árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo.

MUDANÇAS PARA O SEGUNDO TEMPO

Com os times retornando para a etapa complementar, os treinadores optaram por modificar seus esquemas iniciais. Por um lado, Felipão decidiu colocar em campo Pablo no lugar de Vitor Roque, enquanto Juca Antonello, auxiliar fixo do Vozão, resolveu apostar no estreante Jô, que entrou no lugar de Matheus Peixoto.

Diferente de como foi no início, o Ceará foi quem adotou uma postura ofensiva nos primeiros movimentos. Até os 20 minutos, com Jô buscando mais o jogo, os donos da casa tentaram surpreender o goleiro Anderson em chances criadas por Vásquez e Mendoza, porém todas sem sucesso, fazendo com que novamente os comandantes recuassem aos seus respectivos suplentes, realizando novas trocas.

TIMES VÃO PARA O TUDO OU NADA

Com o tempo passando, eram os donos da casa que ainda ditavam o ritmo. Apesar de uma chegada por parte do Furacão, quando Cuello tentou um cruzamento rasteiro para Pablo, Jô e Lima eram os que mais criavam pelo lado do Vozão, porém sem efetividade.

Já nos acréscimos, com Felipão mudando pela última vez ao colocar Bryan García no lugar de Orejuela, o duelo seguiu com o mesmo panorama. Sendo assim, apostando suas últimas fichas atrás de um gol, o Ceará frustrou sua torcida não conseguindo marcar, dando a deixa para o juiz encerrar aos 51 minutos.

FICHA TÉCNICA
Ceará 0x0 Athletico-PR

Data e horário: 27/08/2022 - 21h (de Brasília)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Fabrino Beviláqua Costa (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Nicolás Hernández, 40'/1ºT

CEARÁ: João Ricardo; Nino Paraíba, Lucas Ribeiro, Marcos Victor (Messias, aos 20'/2ºT) e Bruno Pacheco; Richard Coelho, Richardson, e Vina; Jhon Vásquez (Lima, aos 20'/2ºT), Matheus Peixoto (Jô, no intervalo) e Mendoza. (Técnico: Juca Antonello)

ATHLETICO-PR: Anderson; Orejuela (Bryan García, aos 45'/2ºT), Matheus Felipe, Nicolás Hernández e Pedrinho; Matheus Fernandes, Erick e Vitor Bueno (Léo Cittadini, aos 18'/2ºT); Vitor Roque (Pablo, no intervalo), Vitinho (Cuello, aos 18'/2ºT) e Rômulo. (Técnico: Luis Felipe Scolari)

Ceará x Athletico-PR
Ceará x Athletico-PR

Ceará e Athletico não mexeram no placar em duelo no Castelão (Foto: Gustavo Oliveira/athletico.com.br)