Número de transferências aumentou na última janela, informa Fifa

O número de contratações no futebol profissional masculino aumentou acentuadamente na última janela de transferências, após dois anos marcados pela pandemia, enquanto o mercado continuou crescendo no futebol feminino, segundo um informe publicado nesta quinta-feira pela Fifa.

Entre 1º de junho e 1º de setembro, o montante gasto em transferências internacionais no futebol masculino aumentou 2,7% em relação ao mesmo período de 2021, para ficar em US% 5 bilhões.

No total, 9.717 transferências internacionais de jogadores profissionais foram realizadas, com um aumento de 16,2% em um ano, como sinal de que estas operações envolveram valores maiores.

No futebol feminino, onde inclusive a crise financeira ligada à covid-19 freou a progressão do profissionalismo, "um novo recorde foi batido" pelo quinto ano consecutivo, com 684 transferências internacionais, um crescimento de 14,4% frente ao registrado na temporada de 2021.

Este balanço da Fifa, antes do relatório anual tradicionalmente publicado na janela de fim de ano, confirma o peso crescente dos agentes de jogadores, que receberam um total de US$ 494,4 milhões em comissões: sua remuneração representa 9,9% do montante global de transferências, frente aos 6,1% em 2012.

"Em comparação, o total dos pagamentos feitos como retribuição pela formação sobe para US$ 69 milhões", especifica a FIFA.

cfe/dlo/psr/pm/cb