Murray vence com tranquilidade e avança no Aberto dos EUA

Andy Murray na partida contra Francisco Cerundolo no primeiro dia do Aberto dos EUA de 2022. Crédito: Danielle Parhizkaran -USA TODAY Sports

NOVA YORK (Reuters) - Andy Murray avançou à segunda rodada do Aberto dos EUA com uma confortável vitória por 7-5, 6-3 e 6-3 sobre o argentino Francisco Cerundolo nesta segunda-feira, dia em que o ex-número um do mundo reviveu as emoções de jogar no mesmo no palco em que conquistou seu primeiro título de Grand Slam uma década atrás.

O escocês, de 35 anos, que lutou contra uma série de lesões nos últimos anos, chegou a uma vantagem de 5 a 2 no início da partida, mas caiu um pouco de nível antes de fechar um primeiro set apertado e quebrar rapidamente o saque de seu adversário no próximo, pressionando o argentino 24º cabeça de chave da competição na quadra quente e sufocante do Arthur Ashe Stadium.

"Obviamente, é bom a qualquer momento, especialmente nessas condições, e no início de um slam, avançar em três sets", disse Murray. "Ele é um jogador de elite, foi uma boa vitória para mim.

"Mentalmente, não é fácil entrar em uma partida de cinco sets nessas condições, depois de como as últimas semanas foram para mim, e fui bem. Fui bem fisicamente e mentalmente, e coloquei isso no fundo da minha mente para encontrar uma maneira de passar", afirmou o atleta britânico.

Murray evitou a reação de Cerundolo e levou o segundo set com uma liderança dominante, mostrando poucos sinais de que tirava o pé do acelerador, enquanto seu oponente se complicou ainda mais com erros não forçados.

Uma quebra dupla no terceiro set permitiu que o britânico bicampeão de Wimbledon abrisse 4 a 1, e ele então selou a vitória com uma devolução longa demais do argentino.

Na próxima rodada, Murray enfrenta o norte-americano Emilio Nava.

(Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru)

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS PB