Mundial de Atletismo: brasileiros fecham finais na sétima colocação

Foto: Carol Coelho/CBAt


A noite de sábado e manhã de domingo foram repletas de finais para a delegação brasileira no Mundial de Atletismo. E apesar de não terem conseguido medalhas, Almir Júnior, Caio Bonfim e a equipe do revezamento 4x100m conseguiram resultados expressivos nas pistas de Eugene.

SÁBADO

A partir das 22h, Almir Júnior integrou a grande decisão do salto em distância masculino. Na primeira bateria, o brasileiro conseguiu saltar para 16,87m e se classificou entre os oito melhores, de 12 participantes. Contudo, na parte final da prova, o atleta não melhorou a marca e terminou na sétima colocação.

Mais tarde, às 23h30, o revezamento 4x100m do Brasil disputou a final da categoria, de olho em medalhas. No entanto, a prova da equipe brasileira ficou marcada por erros na passagem do bastão e, com isso, Rodrigo do Nascimento, Felipe Bardi, Derick Silva e Erick Cardoso terminaram em sétimo. O ouro ficou com o Canadá, seguido por Estados Unidos e e Grã Betanha.

DOMINGO

Já nesta manhã, Caio Bonfim conseguiu mais um ótimo resultado para o Brasil na marcha atlética. Após ter finalizado a prova dos 20km na sexta colocação, o brasileiro conseguiu o sétimo lugar nos 35km, em prova bastante frenética. O atleta também bateu o recorde sul-americano da categoria, por cerca de oito minutos. O ouro ficou com o italiano Masimo Stano.

MAIS BRASILEIROS EM FINAIS

Ainda neste domingo, outros dois brasileiros disputam finais em Oregon, naquele que será o último dia de competições. Thiago Braz busca uma medalha no salto com vara, enquanto Letícia Oro Melo tenta o ouro no salto em distância. Ambas as provas contarão com exibição dos Canais SporTV.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos