Mulher de Éder Militão diz ter voltado para casa de jogador, mas casal 'não está bem'

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Karoline Lima, esposa do jogador Éder Militão, usou as redes sociais nesta sexta-feira (1), para contar que o zagueiro do Real Madrid voltou para casa depois de ter passado algumas semanas fora, inclusive, curtindo baladas em Miami, Estados Unidos. A influenciadora, que está na reta final da gestação da primeira filha do casal, Cecília, revelou que os dois conversaram e o jogador se arrependeu do "erro".

"Estou vendo vocês perguntando aqui: 'O marido voltou para casa?', 'Vocês conversaram, se largaram, separaram, se acertaram?'. Eu pensei assim, que ódio de grávida é para sempre, tá, meu lindo? Agora aguenta. Não estamos bem. Mas ele voltou para casa e agora temos Cecília chegando ao mundo. Temos outras coisas para pensarmos. Precisamos amadurecer e ver a nossa filha como primeiro lugar de tudo", começa Karoline nos stories do Instagram.

Ela ainda admitiu que a relação não está muito boa. "Fiquei brava pra caramba. Ainda estou brava. Pode ser um pouco de hormônio também, mas foi ele quem procurou. Queria deixar claro que isso [ter aceitado Éder de volta] foi por um bem maior: a nossa filha. Espero que tudo que aconteceu tenha servido de aprendizado para ele", destaca a modelo em sua casa na capital da Espanha, Madrid.

Karoline, 26, pensou também na Copa do Mundo do Catar no final de novembro. Militão, 24, pode estar na lista final do técnico Tite e essa confusão virou assunto quente nos bastidores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e no mundo dos boleiros. "O hexacampeonato está aí e eu também não podia colocar em risco a participação dele na competição por causa desse babado", brincou ela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos