Mudanças, melhora no ambiente e oscilação: o primeiro mês de Dorival Júnior no Flamengo

Dorival Júnior terá nesta semana o seu principal desafio desde que foi contratado (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)


Contratado para reconduzir o Flamengo ao caminho das vitórias, Dorival Júnior completou um mês no clube. O treinador estreou no comando da equipe no dia 11 de junho, na derrota para o Internacional, por 3 a 1, no Beira-Rio. Após a partida, ouviu de Mano Menezes, técnico do Colorado, que dava para melhorar o time, que, assim como o dele, estava esculhambado e melhorou.

Comparado com a época de Paulo Sousa, o Flamengo de fato apresentou uma evolução. Dorival Júnior reforçou a marcação no meio-campo, mudou a linha defensiva, passando a jogar com quatro jogadores, acabou com o rodízio no gol e parece ter encontrado um jeito de escalar Pedro e Gabigol juntos, principal quebra-cabeça para montar o time ideal dos torcedores. Vale lembrar que Dorival Júnior perdeu dois titulares neste período: Bruno Henrique por lesão e Andreas Pereira, que não foi comprado pelo clube e fechou com o Fulham (ING).

+ Ranking internacional escolhe os melhores clubes da década passada

O clima, que era muito ruim com o antecessor português, também melhorou consideravelmente. No entanto, o Flamengo segue oscilando dentro das partidas, mas vinha de quatro vitórias seguidas antes de perder para o Corinthians. Os números de Dorival Júnior ainda não são animadores, mas tudo indica que ao passar do tempo, também falarão a favor do treinador. Ao todo, foram nove jogos com cinco vitórias e quatro derrotas.

As vitórias foram contra Cuiabá (2 x 0), América-MG (3 x 0), Tolima (0 x 1), Santos (1 x 2) e Tolima novamente (7 x 1), a melhor atuação da equipe. Já as derrotas aconteceram para Internacional (3 x 1), Atlético-MG duas vezes (2 x 0 pelo Brasileiro e 2 x 1 na Copa do Brasil) e no último domingo para o Corinthians.

Na quarta-feira, Dorival Júnior terá o seu maior desafio desde que assumiu o Flamengo, tendo pela frente o maior algoz recente, o Atlético-MG, no Maracanã, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A missão será complicada, já que o Rubro-Negro precisa reverter a derrota por 2 a 1, no Mineirão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos