Mudanças na F1; veja os pilotos que podem mudar de escuderia para 2023

Daniel Ricciardo não permanecerá na McLaren (Foto: ANDREJ ISAKOVIC / AFP)


Com a temporada de 2022 da Fórmula 1 chegando ao fim - e já tendo Max Verstappen como campeão definido - os olhos dos fãs de corrida automobilística estão voltados para a próxima temporada. Com calendário já confirmado, agora resta saber as movimentações do mercado: quais pilotos defenderão cada escuderia?

+ Mais um título! Veja quanto o Palmeiras já faturou em premiação com Abel Ferreira

Uma das notícias mais importantes já confirmadas é a de que Daniel Ricciardo não seguirá na McLaren. O australiano provavelmente ficará fora da Fórmula 1 na próxima temporada. Para o lugar dele, a equipe acertou com o também australiano Oscar Piastri.

Uma das grandes indefinições para o ano de 2023 é a dupla do dinamarquês Kevin Magnussen na Haas. Na última temporada, a vaga foi ocupada por Mick Schumacher, filho de Michael Schumacher - maior campeão da história da Fórmula 1 ao lado de Lewis Hamilton - mas o futuro dele na equipe ainda está indefinido.

+ Fórmula 1, Ayrton Senna e Amazônia: conheça a relação de Lewis Hamilton com o Brasil

A situação da Williams é parecida. O tailandês Alexander Albon permanece na escuderia, mas sua dupla ainda é desconhecida.

Quem também vem com piloto novo para a próxima temporada é a Alpine. O francês Pierre Gasly - que será substituído pelo holandês Nyck de Vries - deixou a AlphaTauri para reforçar a equipe, ocupando a vaga que era de Fernando Alonso. O espanhol, por sua vez, se transferiu para a Aston Martin e pegou o lugar de Sebastian Vettel, que se aposentará no final de 2022.

A primeira corrida da temporada de 2023 será em Bahrein, no dia 5 de março.