MP denuncia jornalistas por exibir foto nua de acusada de envolvimento no assassinato de Daniel, diz site

Cris Brittes (de preto) é acusada de envolvimento na morte de Daniel, ex-São Paulo; marido e filha também estão envolvidos (Foto: Reprodução/Facebook)


O Ministério Público do Paraná denunciou os jornalistas que publicaram foto da empresária Cristiana Brittes pelada, segundo informações do “UOL Esporte”. A mulher é suspeita de envolvimento no assassinato do jogador Daniel, que passou por Botafogo e São Paulo, e esposa de Edison Brittes, que confessou o crime.

#+ Santos negocia com técnico argentino, Marcos Braz fala sobre propostas por João Gomes… o Dia do Mercado!

No dia 20 de novembro de 2018, o programa “Tribuna da Massa”, da Rede Massa, que é afiliada do SBT no Paraná, exibiu uma foto da empresária pelada em cima de uma moto. Este ano, a promotora Maria Fernanda Pereira dos Santos Czaczkes denunciou o apresentador Elandro Passaia e o editor-chefe Marcelo Vellinho Pinto pelo crime de importunação sexual.

Cristiana Brittes responde ao envolvimento no assassinato de Daniel em liberdade. A empresária é acusada de corrupção de menores, fraude processual e coação. Seu marido, Edison, que afirma que matou Daniel porque o jogador queria estuprar sua esposa, está preso. A filha do casal, Allana, também será julgada.

-> AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! está transmitindo ao vivo e de graça jogos da Bundesliga. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão aqui.

Ainda segundo o UOL, a defesa dos jornalistas alega que a foto utilizada estava borrada. A pena prevista para o crime de importunação sexual é de um a cinco anos de prisão.