Moya: 'Se Nadal tem um pedido, é preciso escutá-lo'

Foto: Anne-Christine POUJOULAT / AFP
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Em entrevista ao RMC Sport, da França, Carlos Moya, treinador de Rafael Nadal, comentou sobre o horário do jogo contra Novak Djokovic. O espanhol pediu na sessão diurna, mas a organização colocou no noturno, não antes das 20h45 locais, 15h45 de Brasília.

"Não chamaria de falta de respeito. Aqui é Roland Garros, Rafa tem crédito, ganhou o torneio treze vezes e se tem um pedido é preciso escutá-lo. É parte da história de Roland Garros. Sabemos que ninguém está acima de Roland Garros, ninguém é mais importante que os torneios de Grand Slams, mas no fim é um tema de negócios e entendemos", disse o técnico que foi campeão em Paris em 1998.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos