Ceni valoriza espírito de luta do São Paulo em momentos cruciais dos mata-matas: 'Motivo de orgulho'


Sempre no limite. Assim vem sendo escrita a história do São Paulo nas copas do Brasil e Sul-Americana, em que a equipe está na semifinal após passar fortes emoções. Os pênaltis desta vez não vieram no empate em 2 a 2 com o América-MG, nesta quinta-feira (18), no Independência, mas foi o suficiente para selar a classificação. E nos vestiários o técnico Rogério Ceni enalteceu o orgulho pelo momento do clube e a comunhão com a torcida, que lotou o seu setor no estádio mineiro e foi o destaque .


GALERIA
+ Confira as notas aos jogadores do São Paulo no empate com o América-MG pela Copa do Brasil dadas pela equipe LANCE!


- Acho que é motivo de orgulho o time estar em duas semifinais, e a presença da torcida aqui acho que tinha mais, porque ouvi mais a torcida do São Paulo do que a do América, que é bonita também. Sabemos que a torcida é nosso combustível, faz festa no Morumbi e hoje foi fundamental, e hoje quando mais precisávamos, no final, não pararam de cantar um minuto. Acho que ele estão orgulhosos. Por um período muito triste por tudo que foi feito, eles veem jogadores com paixão. A torcida viu um time colocar o São Paulo na final do Paulistão, semifinal da Copa do Brasil e Sul-Americana.

Ceni destacou também o espírito de luta do Tricolor, que vem superando as adversidades enfrentadas nos mata-matas.

- O São Paulo é um time que não se entrega, luta até o final. É um time que aprendeu. Às vezes falam que o zagueiro tem que jogar, e o atacante marcar. O zagueiro tem que defender e jogar. O atacante fazer gol e ter seu papel na marcação. Eu não conheço o futebol de outro jeito. Esses caras, dentro das dificuldades.

- Tinha gente na terceira rodada do Paulistão falando que não ia dar certo. O São Paulo está numa situação muito difícil e esses jogadores estão ajudando muito o São Paulo. Uma pena não ganhar o Paulista, mas ver o São Paulo em duas semifinais em um período de colapso financeiro é motivo de orgulho - completou o comandante são-paulino.

Um dos maiores jogadores da história do Tricolor, Ceni credita a motivação por títulos do clube como combustível para se conseguir manter vivo o espírito de luta.

- A eliminação às vezes pesa demais num trabalho futuro. A cada classificação gera motivação para o próximo jogo, gera expectativa de campeão. Não há nada melhor para um jogador do que a motivação. Já enfrentamos Palmeiras, América-MG... Todos times de Série A. Na Sul-Americana, jogos duros também. O fato de gerar a expectativa de ser campeão é o melhor combustível. Acho que isso é o principal, mentalidade de ser campeão. Por mais dificuldades que tenha, a gente ainda está vivo em todas as competições.

TABELA
> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira todos os jogos da Copa do Brasil-22
> Confira todos os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!