Thiago Monteiro 'repete' Bia Haddad, vence pela primeira vez no US Open e avança à segunda rodada

Jared C. Tilton / AFP


Cearense e número 1 do Brasil, Thiago Monteiro, 67º do mundo, teve um dia para ficar marcado em sua história, nesta segunda-feira. Ele derrotou o eslovaco Alex Molcan na estreia do US Open de 2022 e conseguiu sua primeira vitória no Grand Slam dos Estados Unidos. Thiago precisou de 2h41 para superar o número 40 do mundo por 3 sets a 1 (6/4, 4/6, 6/4, 6/1). Agora, ele encara o russo Karen Khachanov, 31º, na 2ª rodada.

>>> Bia Haddad Maia atropela croata e avança no US Open

Com os triunfos de Thiago e Bia Haddad, o Brasil terá pela primeira vez desde 1983, dois tenistas de gêneros diferentes na 2ª rodada do US Open. Na ocasião, Cláudia Monteiro e Carlos Alberto Kirmayr disputaram seus segundos duelos.

Adversário de Thiago Monteiro na próxima fase, Karen Khachanov precisou de 2h11 para superar o local Denis Kudla, 96º, de virada com placar de 3/6 6/1 6/2 6/2.

O JOGO
Nas principais estatísticas, Thiago Monteiro converteu 13 aces contra 11 de Molcan, que cometeu quatro duplas-faltas contra uma do brasileiro. O brasileiro disparou 36 bolas vencedoras contra 27 do eslovaco, que cometeu 30 erros não-forçados contra 34 do cearense.

A partida teve um início equilibrado, com os dois tenistas sacando muito firme e pouco pressionando um ao outro. O primeiro set foi definido com quebra no 10º game, na primeira chance de Thiago em quadra. No segundo set, o brasileiro abriu 3/0 com quebra no 2º game, mas não sustentou saque no 5º game e levou a virada em nova quebra no 9º game.

Com a partida empatada, Molcan tentou arriscar mais, saiu quebrando o Thiago Monteiro, que devolveu a quebra no 4º game. O brasileiro seguiu sólido, saiu de um 0-40 no 5º game e fechou a parcial em nova quebra no 10º game.

Com a vantagem no placar, Monteiro ganhou confiança e quebrou o saque o eslovaco no 4º game. Ele ampliou o dominou em quadra com nova quebra no 6º para confirmar a vitória histórica em sua carreira.