Miguelito marca dois, mas Santos perde para o Athletico-PR no Brasileiro Sub-20

O meia Miguelito fez os dois gols do Santos contra o Athletico-PR (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)


O boliviano Miguelito fez dois gols, mas o Santos perdeu por 3 a 2 para a do Athletico-PR na manhã deste sábado, no CT Rei Pelé, pela oitava rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro Sub-20. Com o resultado, o Peixe caiu para a quarta colocação do grupo, com 13 pontos, e vai buscar a classificação na rodada final da primeira fase no próximo domingo (7), diante do Grêmio, no CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul (RS).

Na próxima quarta-feira (3), os Meninos da Vila voltam a campo para confronto fora de casa com o Tanabi pela penúltima rodada da segunda fase do Campeonato Paulista da categoria. No Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo , em Tanabi (SP), o duelo tem início marcado para as 15 horas.

O jogo

A primeira chegada perigosa do Santos FC ao ataque surgiu com apenas dois minutos de jogo. Miguelito recebeu bela inversão de jogo de Ivonei, pela direta do ataque, e partiu para cima do marcador, em direção à linha de fundo. Ao chegar lá, ele ajeitou para trás, de onde chegava Cadu. O camisa 4 chegou chutando, mas mamdou a bola para fora, sobre o travessão.

No minuto seguinte, Cadu avançou pela ala direita e cruzou para a área, mandando a bola com precisão na cabeça de Ivonei. O camisa 10 cabeceou, mas desviou a bola por cima da meta.

Com onze minutos jogados, Fernandinho cruzou para a área pela esquerda e encontrou Deivid. O centroavante dominou, tirou de seu marcador e finalizou forte para boa defesa do goleiro Mycael. No rebote, Miguelto tentou completar como pôde, mas mandou por cima da meta

Cinco minutos depois, Miguelito recebeu pela direita e ajeitou para o meio para finalizar com a perna esquerda. A bola ganhava a direção do canto inferior esquerdo, mas parou em defesa segura do goleiro do Athletico.

Aos 28 minutos, no entanto, foi o Athletico que abriu o placar com gol do camisa 9, Renan Viana. Após bola mal recuada pela defesa santista, ele recebeu cruzamento pela esquerda, livre na área, finalizou para o fundo das redes.

Em seguida, aos 30, Fernandinho recebeu pela esquerda do campo ofensivo e cortou para o meio para finalizar com a perna direita. A bola ganhava a direção do canto inferior direto, mas Mycael se esticou para desviar a bola em escanteio para o Santos FC.

Pouco depois, em nova descida de Miguelito pela direita direta, o Peixe teve mais uma boa chance de marcar. O boliviano cruzou para Deivid, que deu um belo toque de calcanhar para trás, onde estava Ivonei. O camisa 10 santista tirou do goleiro, mas não conseguiu ficar com a bola. Ela sobrou para Fernandinho que chutou para o gol. Com desvio na marcação, a bola parou nas mãos do goleiro adversário.

Com 36 minutos, Deivid recebeu de costas para o gol e ajeitou para Fernandinho, que chegava de trás. Com corte curto, ele tirou do marcador, mas finalizou para defesa segura do goleiro athleticano.

Mas aos 39, o Athletico marcou mais uma vez com novo tento de Renan Viana. Mesmo em melhor momento alvinegro do jogo, o Peixe não conseguiu afastar a bola após contra-ataque e o camisa 9 ficou livre para concluir em gol.

Para o segundo tempo, o Peixe voltou pressionando no ataque, determinado a reverter o placar. Com nove minutos, Miguelito recebeu a bola na entrada da área após escanteio pela direita e arriscou finalização colocada, parando em nova defesa do goleiro adversário.

Com 14 minutos, Peixe diminuiu a desvantagem com o primeiro gol de Miguelito. O camisa 11 invadiu a área pelo meio, fintou os marcadores e tocou na saída do goleiro para balançar as redes do canto direito.

Por muito pouco, o Santos FC não empatou o placar com Ivonei, aos 22 minutos. O camisa 10 recebeu cruzamento preciso de Cadu, pela direita. Bem posicionado na área, Ivonei escorou de cabeça e mandou a bola para fora, mas a poucos centímetros a trave direita.

Aos 26 minutos da segunda etapa, após cobrança de falta na entrada da área, o camisa 8, Kawan, marcou o terceiro gol do Athletico.

Já aos 41 minutos o Peixe teve pênalti marcado a seu favor após Deivid ser derubado na grande área. Miguelito foi para a cobrança e marcou mais uma vez para diminuir a desvantagem para um gol, deslocando.

Pouco depois, aos 43, Nycollas Lopo cruzou pela esquerda e encontrou Hyan livre para finalizar. Ele desviou na direção da meta, mas parou em grande defesa do goleiro, à queima roupa.

Nos acréscimos, Nycollas Lopo cruzou mais numa vez pela esquerda, agora para Victor Michell. O cabeceio parou em nova defesa espetacular do goleiro adversário, que desviou para escanteio.

FICHA TÉCNICA

SANTOS FC 2 X 3 ATHLETICO PARANAENSE

Local: CT Rei Pelé, em Santos (SP)
Data: sábado, 30 de julho de 2022
Horário: 10h
Árbitro: Thiago Lourenço de Mattos
Assistentes: Ítalo Magno de Paula Andrade e Marcela de Almeida Silva
Cartão Amarelo: (SFC) Balão, Cadu e Thiago Balieiro; (CAP) Juninho
Gols: (CAP) Renan Viana, aos 28′ e aos 39′ do 1°T e Kawan, aos 26′ do 2°T; (SFC) Miguelito, aos 14′ e aos 42′ do 2°T
Santos FC: Edu Araujo; Cadu, Thiago Balieiro, Diego Matos (Victor Michell) e Pedrinho (Emzo Monteiro); Balão, Matheus Nunes (Hyan) e Ivonei (Alison Matheus); Miguelito, Fernandinho (Nycollas Lopo) e Deivid. Técnico: Orlando Ribeiro
Athletico-PR: Mycael Pontes; Ataíde, Dourado, João Reginaldo e Leonardo Derik (Anthony); João Miquelim, Kawan e Daniel Martins (Charlys); Emersonn, Juninho e Renan Viana (Pará). Técnico: Pablo Fernandez

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos