Mesmo sem Oscar, Flamengo amplia reunião de astros e fecha janela com elenco em 'outro patamar'


O Flamengo aproveitou a janela de transferências do meio do ano para fortalecer ainda mais o estrelado elenco. Com quatro reforços vindos da Europa, o saldo positivo lembrou os tempos de 2019 e ampliou a reunião de astros no Ninho do Urubu. Em "outro patamar", o atual grupo rubro-negro soma 436 partidas em seleções nacionais.

+ Mercado fechado: confira o balanço da janela de transferências do Flamengo

O investimento do clube ficou na casa dos R$ 90 milhões, sendo que grande parte foi na compra de Everton Cebolinha junto ao Benfica. Além do atacante brasileiro, chegaram os sul-americanos Vidal, Varela e Pulgar - todos com passagens pelo futebol europeu e por suas respectivas seleções.

O quinto reforço de peso ficou no imaginário do torcedor e da diretoria. Oscar tinha o desejo de atuar pelo Flamengo e a novela se estendeu até segunda-feira, prazo final da janela de transferências. O Shanghai Port, no entanto, não liberou o empréstimo do meia até o fim da temporada.

+ Athletico x Flamengo: prováveis times, desfalques e onde assistir

Mesmo sem Oscar, Dorival Júnior tem em mãos o elenco mais forte do futebol brasileiro e sul-americano. Nas últimas semanas, o treinador vem aproveitando a grande quantidade de opções para montar duas equipes diferentes na disputa do Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores.

DUAS EQUIPES DE ALTO NÍVEL

Dorival Júnior
Dorival Júnior

Dorival tem elenco estrelado (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

O "time A" do Flamengo vem disputando as partidas de mata-mata e é composto por: Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia, João Gomes, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol e Pedro. Com eles em campo, o clube está invicto e eliminou Tolima, Atlético-MG e Corinthians em sequência.

O "time B", por outro lado, vem disputando as partidas do Brasileirão a cada fim de semana: Santos; Matheuzinho, Fabrício Bruno, Pablo e Ayrton Lucas; Diego, Vidal e Victor Hugo; Everton Cebolinha, Lázaro e Marinho. Eles venceram Atlético-GO, São Paulo e Athletico e fizeram o Rubro-Negro pular para a vice-liderança no torneio.

+ Flamengo coloca invencibilidade à prova em sequência decisiva longe do Maracanã

Fora dos dois times, ainda há jogadores de bom nível como Hugo Souza, Vitinho e Matheus França - além dos recém-chegados Pulgar e Varela e dos lesionados Diego Alves, Rodrigo Caio e Bruno Henrique.

- Você não sobrevive (no futebol) se não tiver objetivos claros e, principalmente, se os jogadores não acreditarem naquilo que você está propondo. Nós temos uma ideia e estamos tentando segui-la. Nós estamos trabalhando com duas equipes simultaneamente, mas dando a mesma atenção em todos os aspectos. Fazendo com que todos se sintam importantes e participantes do projeto - disse Dorival, à FlaTV.

ELENCO SOMA 436 JOGOS POR SELEÇÕES

Flamengo - Arrascaeta, Vidal e Pulgar
Flamengo - Arrascaeta, Vidal e Pulgar

Gringos do Flamengo têm passagens por seleções (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Os números comprovam a força do elenco do Flamengo. Ao todo, 15 jogadores rubro-negros têm passagens pelas respectivas seleções nacionais. Todos os quatro reforços da última janela estão presentes nesta lista, com destaque para Arturo Vidal, que soma 133 jogos pelo Chile e é o recordista neste quesito.

O volante é seguido por David Luiz (56), Filipe Luís (44), Pulgar (44) e Arrascaeta (38) no Top-5.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os resultados

Jogadores do Flamengo com jogos por seleções:

Vidal - 133 jogos
David Luiz - 57 jogos
​Filipe Luís - 44 jogos
Pulgar - 40 jogos
Arrascaeta - 38 jogos
Diego Ribas - 34 jogos
​Everton Cebolinha - 25 jogos
Everton Ribeiro - 20 jogos
Gabigol - 18 jogos
Diego Alves - 10 jogos
Varela - 7 jogos
Rodrigo Caio - 5 jogos
Pablo - 2 jogos
Bruno Henrique - 2 jogos
Pedro - 1 jogo

Fora da lista acima, ainda há 12 jogadores que vestiram a Amarelinha apenas nas categorias de base. É o caso de: Santos, Hugo Souza, Matheus Cunha, Matheuzinho, Léo Pereira, Ayrton Lucas, Thiago Maia, João Gomes, Victor Hugo, Matheus França, Lázaro e Vitinho.

+ Veja mais notícias do Flamengo

Os goleiros Santos e Hugo Souza já foram convocados por Tite para a seleção principal, mas não entraram em campo e, por isso, não aparecem na primeira lista. Vale lembrar que Thiago Maia e Santos contam com títulos importantes com a seleção sub-23: as Olimpíadas de 2016 e 2020, respectivamente.

Dessa forma, contando todas as categorias, o Flamengo tem praticamente o elenco inteiro com passagens por seleções nacionais. As únicas exceções são Rodinei, Fabrício Bruno e Marinho.

* Em colaboração para o LANCE!