Mesmo com renovação encaminhada com Fábio Santos, Corinthians quer um lateral-esquerdo para 2023


O lateral-esquerdo Fábio Santos está com a sua renovação de contrato encaminhada com o Corinthians. Mas isso não significa que o clube alvinegro não buscará outro lateral para a próxima temporada.

+ Manto do Corinthians: veja os modelos finalistas para quarta camisa do Timão em 2023

O interesse é buscar um jogador de mercado, que ajude o clube pelo menos na próxima temporada, mas tenha potencial de revenda no futuro, mesmo tendo Lucas Piton e Bruno Melo na posição atualmente.

A direção corintiana entende que Piton pode ser negociado na próxima temporada, seja no início ou no meio do ano. O jogador é frequentemente monitorado por clubes da Europa, principalmente da Itália, e por ser novo é uma das expectativas de caixa para o Coringão em 2023.

Lucas Piton - Corinthians
Lucas Piton - Corinthians

Lucas Piton pode ir a qualquer momento para a Europa (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

Já Bruno Melo está emprestado pelo Fortaleza desde o início deste ano até dezembro e não deve ter o vínculo renovado com o Corinthians.

Nesse cenário, o nome de Matheus Bidu, que pertence ao Guarani, mas está emprestado ao Cruzeiro, agrada. Porém, como foi recentemente antecipado pelo LANCE!, o Coringão espera que o fenômeno Ronaldo, gestor cruzeirense, após a transformação do clube celeste em SAF, decida se irá exercer o poder de compra do atleta.

A postura corintiana de aguardar o passo da Raposa para definir a sua postura no mercado por Bidu está motivada por duas questões: financeira e política.

Matheus Bidu é peça importante do esquema de Paulo Pezzolano
Matheus Bidu é peça importante do esquema de Paulo Pezzolano

Matheus Bidu, que defendeu o Cruzeiro em 2022, agrada o Corinthians (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Financeiramente, está envolvida na realidade do Timão, que mesmo tendo investido em ativos neste ano, como é o caso de Fausto Vera, por exemplo, tem evitado entrar em disputas pela contratação de jogadores, por conta da falta do poder de barganha. E mesmo sabendo que a situação monetária do Cruzeiro é ainda pior que a sua, a ideia é não ‘entrar em leilão’ pelo lateral ou jogador algum.

E é aí que entram as razões políticas, que envolvem o bom relacionamento que o Corinthians tem com Ronaldo, que envolve até mesmo projetos paralelos, como aproximações à CBF e formatação da nova liga do futebol brasileiro.

A princípio, não há outro nome tão forte quanto Matheus Bido no radar corintiano para a ala-esquerda.

O Timão está em planejamento para o seu futebol em 2023, mesmo que ainda não tenha a definição sobre a permanência, ou não, do técnico Vítor Pereira. O português tem participado de algumas conversas com a direção do clube em relação à equipe no ano que vem, no ponto de vista de projeto esportivo e metas a serem alcançadas.