Melhor tenista da Rússia declara ser lésbica e critica governo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Daria Kasatkina é a melhor tenista russa no ranking da WTA. Foto: Alexander Scheuber/Getty Images
Daria Kasatkina é a melhor tenista russa no ranking da WTA. Foto: Alexander Scheuber/Getty Images

A tenista feminina mais bem classificada da Rússia, Daria Kasatkina, revelou que está namorando uma mulher em um vídeo divulgado nesta segunda-feira (18).

O posicionamento da semifinalista de Roland Garros ocorre no momento em que o parlamento russo discute o endurecimento das restrições já rigorosas às discussões públicas sobre relacionamentos LGBTQIA+.

Leia também:

Na entrevista no YouTube com a blogueira russa Vitya Kravchenko, Kasatkina, de 25 anos, disse 'sim' quando perguntada se ela tem namorada.

Logo após a divulgação da entrevista, Kasatkina postou uma foto no Instagram dela abraçando a patinadora artística medalhista de prata olímpica Natalia Zabiiako, 27, com um emoji de coração e chamou Zabiiako de 'minha gracinha' em um post no Twitter.

A estoniana Zabiiako, que conquistou sua medalha olímpica com a equipe russa em 2018, postou a mesma foto no Instagram, também com um coração.

Zabiiako já havia fixado outra imagem em sua página do Instagram dez semanas atrás para desejar feliz aniversário a Kastkina, antes que a estrela do tênis tornasse a relação pública.

Kasatkina emocionou-se no final da entrevista com Kravchenko, quando lhe perguntou se ela tinha medo de regressar à sua terra natal.

Ao ser perguntada se tinha medo de não poder voltar para a Rússia, ela respondeu: “Sim, já pensei nisso”, visivelmente emocionada.

Desde 2013, a lei russa proíbe qualquer discussão sobre relacionamentos LGBTQIA+ considerados como 'promoção de relações sexuais não tradicionais' para menores. Os deputados russos propuseram ontem uma nova lei que proibiria completamente a 'promoção' de relacionamentos LGBTQIA+.

"Existem muitos assuntos que são ainda mais importantes do que eles que são proibidos, então não é surpresa", disse Kasatkina ao canal do YouTube de Kravchenko.

No início deste mês, a jogadora de futebol russa Nadya Karpova também falou publicamente sobre sua sexualidade.

“Acho importante que pessoas influentes do esporte e de qualquer outra esfera falem sobre isso. Ajuda muito”, acrescentou Kasatkina.

Kasatkina está em 12º lugar no mundo e vive e treina na Espanha, onde a entrevista foi filmada. Na entrevista, ela também pediu o fim dos combates na Ucrânia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos