Medina planeja viagem ao Qatar para acompanhar Neymar na Copa do Mundo

Medina e Neymar tem uma longa amizade (Foto: Reprodução/Instagram)


"Gente como a gente", Gabriel Medina está de olho no hexa do Brasil em 2022. Confiante na campanha do Brasil na Copa do Mundo deste ano. O surfista planeja viajar para o Qatar e acompanhar aos jogos da Seleção Brasileira, em especial o amigo Neymar. A informação é do 'ge'.

+ Vasco negocia com técnico, Diego Costa pode voltar à Premier League… o fim de semana do Mercado!

- Independentemente da distância, eu e o Neymar, estamos sempre está em contato, torcemos um pelo outro. Essa troca é muito maneira, porque nos ajudamos em todas as situações. É um ano importante, é um ano que ele sabe que é o ano da vida dele. É o maior sonho dele ser campeão do mundo. Então vou estar torcendo muito. Ele sabe que eu vou estar na torcida daqui ou de lá e vai ser legal. Mas espero mesmo estar lá junto com ele - disse.

+ Técnico do PSG diz que Neymar 'aceitou bem' a reserva contra o Nantes

Em 2014, no mundial realizado no Brasil, Gabriel Medina teve a oportunidade de acompanhar a estreia da Seleção no mundial, justamente na partida de abertura, realizada na Arena Corinthians.
Como neste ano a Copa do Mundo acontece entre os meses de novembro e dezembro, o tricampeão mundial de surfe não estará competindo, mas em fase de pré-temporada e terá mais disponibilidade na sua agenda.

- Quero tentar ir agora ao Qatar assistir aos jogos. Já tive essa experiência no Brasil, acompanhei um jogo em que a Seleção enfrentou a Croácia. Foi a data que eu tinha porque eu já ia para outra competição. Esse ano eu tenho mais tempo, então devo conseguir ir ao Catar e torcer de perto. E esse é um ano especial, o Brasil tem grandes chances de trazer o hexa. Estou muito confiante nisso - vibrou.

+ Ex-BBB revela que já ficou com Neymar e Gabriel Medina: 'Épocas bem diferentes'

Nesta sexta-feira (9), às 11h, o técnico Tite convoca a Seleção Brasileira para dois amistosos preparatórios para a Copa do Mundo contra Gana e Tunísia. Esta, cabe destacar, será a última lista antes do Mundial do Qatar.