Mecena do Atlético-MG deseja Cuca para 2023, mas alerta: 'Se não tiver dando liga, não adianta'

Cuca não vive boa fase no comando do Atlético-MG (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)


O Atlético-MG tem passado por dificuldades na atual temporada. Nem mesmo a volta do técnico Cuca foi o suficiente para melhorar o time até então. Apesar disso, Ricardo Guimarães, investidor e integrante do órgão colegiado que administra o clube, explicou que há vontade de manter o treinador para 2023, mas dependerá do desempenho do time na reta final.

- Não temos definido. Gostaríamos que o Cuca ficasse, é um ótimo técnico. Mas precisamos esperar. Não que o Cuca precise provar alguma coisa, mas se não tiver dando a liga, não adianta querer insistir. - explicou Ricardo Guimarães.

Desde que retornou ao Atlético-MG, Cuca teve apenas duas vitórias em dez jogos, com um aproveitamento de apenas 33% no Campeonato Brasileiro, e a eliminação na Copa Libertadores para o Palmeiras.

Apesar da expectativa pela volta do técnico multicampeão em 2021, é possível que o desempenho na atual temporada seja decisivo para que Cuca não renove com o Atlético-MG para o próximo ano.

- A gente tem que ver que o próprio Cuca falou depois do jogo, que ele precisa mexer o doce. Ele precisa mudar essa situação, ele mesmo qualificou a apresentação do Atlético-MG contra o Avaí como "horrível". O desempenho de 33% é muito baixo. - disse Ricardo Guimarães.