Mbappé esbanja arrogância e individualismo após novo contrato com o PSG

Mbappé instala clima de tensão no Paris Saint-Germain (STEPHANE DE SAKUTIN / AFP)


Desde que assinou um novo contrato, Kylian Mbappé parece gozar de mais poderes no Paris Saint-Germain. No entanto, a estreia oficial do camisa sete na temporada foi marcada pela arrogância e individualismo no confronto contra o Montpellier.

Aos 21 minutos, Mbappé teve a oportunidade de abrir o placar para sua equipe em uma cobrança de pênalti. Por definição do técnico Christophe Galtier, o atleta passou a ter preferência em relação ao Neymar.

No fim da primeira etapa, o campeão do mundo com a França começou a dar um show de arrogância. Aos 43 minutos, o PSG teve uma nova oportunidade de anotar um gol em cobrança de pênalti, mas desta vez Neymar seria o responsável pela batida.

Segundos antes da penalidade, Mbappé se dirigiu ao astro da Seleção Brasileira. No caminho, o francês havia dado uma ombrada em Messi e teve uma breve discussão com o camisa 10. Apesar da argumentação, o craque do Paris Saint-Germain converteu sua cobrança.

No ataque seguinte do clube francês, Vitinha iniciava uma jogada pelo meio de campo, enquanto Mbappé pedia o passe pelo lado esquerdo. O português optou por tocar em Messi, na direita, o que irritou o recém-renovado atacante.

Assim que Vitinha leva a bola para o lado direito, Mbappé dá as costas para a jogada e reclama agitando os braços. O jogador desiste de acompanhar o lance, que termina em uma finalização de Hakimi próxima ao gol.

DECLARAÇÃO POLÊMICA
A rivalidade entre Mbappé, Neymar e Messi não parece ser de hoje. Em maio, o atacante do Paris Saint-Germain menosprezou o futebol sul-americano ao dizer que o esporte na Europa era mais avançado do que na América do Sul.

A polêmica aconteceu dias após Mbappé ter assinado seu novo contrato com o campeão da Ligue 1. Fabinho e Di María, que atuaram no futebol francês, responderam as declarações do camisa sete e um clima de rivalidade foi criado pelo jovem.