Max Verstappen (Red Bull) supera Sainz e vence GP do Canadá

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O piloto holandês Max Verstappen (Red Bull), líder do Mundial de Fórmula 1, venceu neste domingo o GP do Canadá de Fórmula 1 após um duelo acirrado contra o espanhol Carlos Sainz (Ferrari), que lutou até o fim por aquela que seria a primeira vitória de sua carreira.

Sainz, que se alternou com Verstappen na liderança da prova e o pressionou até a última volta, teve que se contentar com o segundo lugar enquanto o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) terminou em terceiro.

"Tentei de tudo para ultrapassar Max e estivemos muito perto de vencer hoje. Temos que ver o lado positivo e tentar fazer isso na próxima", disse Sainz, que vinha de uma frustrante terceira desistência na temporada na semana passada em Baku.

"Eles foram muito fortes na corrida", reconheceu Verstappen ao seu rival. "Acho que teria preferido atacar em vez de defender (a primeira posição), mas felizmente tudo deu certo."

Verstappen, que conseguiu seu sexto triunfo nas nove primeiras corridas do ano deu assim um importante passo rumo ao bicampeonato mundial

O atual segundo colocado na classificação, o mexicano Sergio Pérez (seu compenheiro de Red Bull) teve que abandonar logo no início e o terceiro colocado na tabela, o monegasco Charles Leclerc (Ferrari) termino em quinto lugar depois de recuperar posições após largar da última fila, por ter sido penalizado.

O veterano espanhol Fernando Alonso (Alpine), que largou da segunda posição, logo viu seus sonhos de alcançar sua primeira vitória desde 2013 frustrados e terminou em sétimo lugar no Circuito Gilles Villeneuve em Montreal.

--- Classificação do Grande Prêmio do Canadá, nona prova da temporada de Fórmula 1, neste domingo no circuito Gilles Villeneuve de Montreal (4,361 km):

1. Max Verstappen (HOL/Red Bull) os 305,270 km em 1h 36:21.757

2. Carlos Sainz Jr (ESP/Ferrari) a 0.993

3. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) a 7.006

4. George Russell (GBR/Mercedes) a 12.313

5. Charles Leclerc (MON/Ferrari) a 15.168

6. Esteban Ocon (FRA/Alpine-Renault) a 23.890

7. Fernando Alonso (ESP/Alpine-Renault) a 24.945

8. Valtteri Bottas (FIN/Alfa Romeo) a 25.247

9. Zhou Guanyu (CHN/Alfa Romeo) a 26.952

10. Lance Stroll (CAN/Aston Martin-Mercedes) a 38.222

11. Daniel Ricciardo (AUS/McLaren-Mercedes) a 43.047

12. Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin-Mercedes) a 44.245

13. Alexander Albon (THA/Williams-Mercedes) a 44.893

14. Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri-Red Bull) a 45.183

15. Lando Norris (GBR/McLaren-Mercedes) a 52.145

16. Nicholas Latifi (CAN/Williams-Mercedes) a 59.978

17. Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) a 1:08.180

Abandonos:

Sergio Pérez (MEX/Red Bull): problema mecânico na 8ª volta

Mick Schumacher (ALE/Haas-Ferrari): problema mecânico na 20ª volta

Yuki Tsunoda (JPN/AlphaTauri-Red Bull) acidente na 49ª volta

bds/gbv/ma/gfe/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos