Mauro Cezar Pereira processa ESPN e pede reconhecimento de direitos trabalhistas

Mauro trabalhou na ESPN, que atualmente pertence a Disney, por 16 anos (Foto: Reprodução/ESPN)


Mauro Cezar Pereira está movendo uma ação contra a Disney, dona da ESPN, na Justiça do Trabalho. O jornalista pede reconhecimento de vínculo empregatício durante o período que prestou serviços ao canal como PJ (Pessoa Jurídica, sem carteira assinada). A informação foi publicada pelo "Notícias da TV" e confirmada pelo LANCE!.

O jornalista prestou serviço ao canal por 16 anos onde teve função de chefe de reportagem em 2005 antes de se dedicar ao trabalho de comentarista. No processo, Mauro afirma que trabalhou de forma exclusiva na ESPN até 2018 quando começou a prestar serviços para outras empresas.

+ Possível camisa de Portugal revelada: confira uniformes vazados ou lançados para a Copa do Mundo

Em 2019, Mauro encerrou seu vínculo com a ESPN após se recusar a assinar um termo de exclusividade de imagem que significaria a interrupção de seu canal no Youtube que conta com cerca de 700 mil inscritos. O termo foi uma exigência da Disney para a renovação de contratos naquela ocasião.

+ Mauro Cezar anuncia saída do Grupo Disney: 'Não é mais o mesmo lugar'

Procurado pelo LANCE!, Mauro Cezar Pereira confirmou a existência do processo, mas disse que não tinha nada a comentar sobre o assunto. O L! entrou em contato com a Disney, que preferiu não se posicionar diante do tema.

Desde que saiu da ESPN, Mauro Cezar pode ser visto em múltiplas plataformas, o que não seria possível diante de uma renovação com a Disney. Na TV aberta, ele comenta jogos da Libertadores e da Sul-Americana no SBT. O jornalista também pode ser visto em lives em seu canal no Youtube e mantém uma coluna no 'Uol Esporte', além de participar de programas esportivos na Jovem Pan e na TV Cultura.