Mauro Cezar fala em 'desastre' e dispara críticas a gestão no Atlético-MG nesta temporada

Campeão brasileiro e da Copa do Brasil na última temporada, Galo não vai bem em 2022 (Foto: Cesar Greco / Palmeiras)


Mesmo tendo muitos nomes remanescentes do ano passado e a volta do técnico Cuca, o Atlético Mineiro passa bem longe da temporada vitoriosa de 2021. O Galo teve uma queda notória no desempenho dentro de campo, o que vem afetando nos resultados. Durante o programa "Bate Pronto", da rádio Jovem Pan, o comentarista Mauro Cezar Pereira chamou atenção para essa realidade do Alvinegro.

+ Relembre os jogos da invencibilidade do Palmeiras fora de casa no Brasileirão

Após a vitória de 1 a 0 do Palmeiras sobre o Galo, Mauro analisou a diferença de gestão entre as equipes e apontou o possível motivo para a queda acentuada do clube mineiro.

- O Palmeiras enfrentou um clube (Atlético Mineiro) que não tem a menor condição de ter o elenco que possui. Mas tem ali os seus benfeitores, que colaboram financeiramente e viabilizam as contratações. Mas o que se percebe no Galo é que falta um alicerce. Agora fala-se em SAF. O Atlético é um desastre hoje em dia. Eu não me lembro de um time esfarelar como o Atlético esfarelou - disse o jornalista.

+ Mecena do Atlético-MG deseja Cuca para 2023, mas alerta: 'Se não tiver dando liga, não adianta'

Em 2022, sob o comando do técnico Turco Mohamed, o Galo conquistou a Supercopa do Brasil e o Campeonato Mineiro. No entanto, após a eliminação na Copa do Brasil e a sequência ruim no Brasileirão, o treinador argentino acabou demitido.

Para tentar pôr a equipe novamente nos trilhos, o Atlético decidiu apostar no retorno de Cuca, o técnico da temporada mais vitoriosa do clube. Contudo, desde a sua volta ao Galo, o treinador acumula apenas duas vitórias em 11 jogos, além da eliminação na Libertadores.