Mauro Cezar comenta 'pressão' do Corinthians em jogar na Bombonera: 'O argentino torce diferente'

Boca Juniors e Corinthians se enfrentam nesta terça pela Libertadores (Reprodução/Jovem Pan)


Mauro Cezar analisou o confronto entre Boca Juniors e Corinthians no programa "Bate Pronto" desta terça-feira. O comentarista afirmou que o clube argentino é favorito e comentou sobre a pressão de jogar na La Bombonera.

+ Entenda todo o conflito entre Luva de Pedreiro e o empresário Allan Jesus

- Em tese, se o Corinthians conseguir levar para os pênaltis, vai ser interessante. Depois de perder pênalti com Roger Guedes, imagino que Vítor Pereira deva ter treinado bem as cobranças porque é uma possibilidade real de conseguir avançar. O Boca tem um favoritismo muito grande, porque está inteiro, descansado, não tem ninguém machucado e o time está totalmente voltado para a Libertadores - disse Mauro no programa da Jovem Pan.

- É claro que alguns jogadores ficam mais suscetíveis a pressão. O argentino torce diferente do brasileiro e acho que ele apoia muito mais. O argentino e uruguaio torcem diferente. O argentino se orgulha de acompanhar o time em qualquer situação. A relação é diferente - afirmou o jornalista.

+ Neto critica quantidade de lesionados no Corinthians e dispara: 'Quem está machucado no Palmeiras?'

Boca Juniors e Corinthians se enfrentam nesta terça-feira, às 21h30, na La Bombonera, pelo segundo jogo das oitavas de final da Libertadores. Vale ressaltar que o confronto de ida na Neo Química Arena terminou empatado por 0 a 0. O Timão vai com tudo em busca da classificação na Argentina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos