Maurício Souza avalia críticas no Vasco: 'Prefiro que os gritos venham para mim, e liberem os jogadores'


Durante a partida desta terça-feira, contra o Ituano, já houve vaias. Depois, elas se intensificaram. Na maioria das vezes, direcionadas ao técnico Maurício Souza. O comandante do time do Vasco, porém, afirmou preferir ser ele o alvo das críticas do que os jogadores.

- Eu não considero que a equipe tenha caído de rendimento. O Vasco, hoje, jogou para vencer, esteve o tempo todo em cima. Esbarramos numa defesa bem postada, tomamos um gol quando poderíamos ter feito. Foi numa transição, o que dificulta. Porém, o Vasco acaba o turno como segundo colocado - ponderou o treinador, que emendou:

- Que a torcida continue dando credito. É um grupo trabalhador, unido, que sabe da responsabilidade. Prefiro que os gritos venham para mim, e liberem os jogadores. O intuito de todo mundo no Vasco é subir - garantiu.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

O próximo jogo do Vasco é fora de casa. Pela primeira rodada do segundo turno, contra o Vila Nova, neste sábado.

Mauricio Souza
Mauricio Souza

Maurício Souza foi vaiado pela torcida (Foto: Felippe Rocha / Lance!)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos