Maria surpreende Ostapenko e chega às quartas de final de Wimbledon

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - A alemã Tatjana Maria segue sonhando com um título em Wimbledon depois de salvar dois match points, virar a partida e derrotar a ex-campeã do Aberto da França Jelena Ostapenko por 5-7, 7-5 e 7-5 neste domingo, alcançando assim as quartas de final de um Grand Slam pela primeira vez na carreira.

Foi a maior vitória da tenista, que é mãe de dois filhos e voltou às quadras logo após a licença-maternidade há pouco menos de um ano. Agora ela enfrentará Jule Niemeier nas quartas depois que a alemã venceu a britânica Heather Watson por 6-2 e 6-4.

Tatjana Maria, que estava fora do grupo das 250 melhores tenistas do mundo em março, disse que a vitória foi especialmente saborosa por conta do seu período fora do tênis.

"Isso me deixa tão orgulhosa de ser mãe. É a melhor sensação do mundo", disse ela em entrevista na quadra. "Eu amo meus dois filhos... poder fazer tudo isso perto deles torna tudo muito especial."

Maria teve um começo muito bom depois que Ostapenko, que chegou às semifinais na grama um ano depois de seu primeiro título de Grand Slam em Roland Garros em 2017, sofreu quebra de saque cedo e ficou atrás do placar em 1-3.

Mas a tenista da Letônia imediatamente recuperou a compostura para empatar o placar antes de pisar no acelerador e conquistar o primeiro set.

Depois de salvar dois match points no segundo a 4-5 e com o apoio da torcida, Maria aproveitou um erro de Ostapenko para abrir 6-5 no terceiro set e garantir a vitória em seu saque.(Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos