Marcos Rocha projeta mais uma decisão com o Palmeiras: 'Me sinto muito bem na Libertadores'

Marcos Rocha tem números expressivos na Libertadores (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Após empatar em 1 a 1 com o Fluminense, pelo Brasileirão, o Palmeiras já mudou a "chavinha" e agora pensa na semifinal da Libertadores, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada. E para mais esta decisão, o clube conta com um especialista no torneio continental: Marcos Rocha, que se prepara para mais uma semifinal.

GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA

> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

O lateral-direito ostenta números e marcas significativas na competição sul-americana. Tricampeão, pois conquistou também o título pelo Atlético-MG em 2013, o atleta palmeirense já o único brasileiro a disputar dez edições consecutivas (atrás apenas do paraguaio Néstor Camacho, do Olimpia-PAR, que soma 11),

Além disso, é o sexto geral da história com mais vitórias na competição, com 47 (sendo 24 pelo Verdão e 23 pelo Atlético-MG), atrás só de Ever Hugo Almeida e Danilo (48), Fábio e Clemente Rodríguez (49) e Rogério Ceni (51). Com esse histórico, Marcos Rocha falou do prazer de jogar a Libertadores, especialmente com o Verdão.

- Me sinto muito bem jogando Libertadores, é uma competição gostosa e prazerosa, ainda mais vestindo a camisa do Palmeiras, que conta jogadores de tanta qualidade. Isso me dá um entusiasmo e uma confiança ainda maiores por poder chegar sempre perto das finais. Hoje, estou tendo mais uma oportunidade, serão dois jogos de dificuldades e de peso contra uma equipe bem treinada pelo Felipão, que também vem vivendo um bom momento. Então, serão dois jogos difíceis, mas tenho certeza de que o Palmeiras está preparado mais uma vez para fazer dois grandes jogos e, se tudo ocorrer bem, que a gente possa chegar a mais uma final - disse o lateral à TV do clube.

O camisa 2 do Alviverde está no elenco desde 2018, e soma 221 duelos e sete gols, além do bi da Libertadores (2020 e 2021), do bi Paulista (2020 e 2022), da Copa do Brasil de 2020 e da Recopa Sul-Americana de 2022. Recentemente, ele foi elogiado por Abel Ferreira como um dos melhores laterais do país ao lado de Mayke. Ele agradeceu os elogios e exaltou também seu companheiro.

- Fico muito feliz por ser companheiro do Mayke no Palmeiras. A gente já foi rival há muito tempo, quando nem nos falávamos, e viemos nos encontrar aqui e ter esse respeito, cada um entendendo o seu momento. Fico feliz de ele ter reencontrado o seu bom futebol após passar por um momento de lesões e por vê-lo hoje muito bem fisicamente - afirmou Rocha antes de completar:

- Isso também me dá tranquilidade pensando em situações minhas de suspensão ou lesão, como aconteceu na última final da Libertadores, quando ele foi muito bem, deu assistência e conseguiu nos ajudar a ser bicampeão. É continuar trabalhando, com cada um buscando o seu espaço, e quem vai decidir quem vai jogar é o Abel, pois quem tem que ganhar é o Palmeiras e seus torcedores.

Por fim, Marcos Rocha analisou a partida do último sábado, diante do vice-líder Fluminense, na qual o Palmeiras conseguiu empate em 1 a 1, no Maracanã, que manteve o time como uma boa vantagem na liderança. O lateral acabou sendo substituído por Mayke no segundo tempo após um choque de cabeça com um adversário.

- Foi um jogo difícil, o Fluminense tratou como uma final, poderia ter poupado a equipe porque vinha de um jogo no meio de semana pela Copa do Brasil, mas entrou com força máxima, e nós, muito conscientes do que foi pedido pelo Abel, conseguimos um resultado bom, um ponto fora de casa e mantivemos a diferença com os adversários na classificação - ponderou o lateral, antes de concluir:

- Isso é importante para nos dar tranquilidade, porque já passamos pela série de confrontos diretos contra Fluminense, Corinthians e Flamengo. Então, passamos por essa sequência pesada e vejo como algo positivo, pois de nove pontos conseguimos fazer cinco.

O Palmeiras volta a treinar nesta segunda-feira, às 11h, na Academia de Futebol, para encerrar a preparação para enfrentar o Athletico-PR. Logo depois da atividade, o elenco almoça no CT e embarca para Curitiba, onde deve chegar no final da tarde. A partida está marcada para começar às 21h30, nesta terça, na Arena da Baixada.