Marcos, Nobre, Mancha... todos contra Leila Pereira

Leila Pereira havia prometido o mandato mais vitorioso da história do Palmeiras, mas seu time caiu na Libertadores e na Copa do Brasil (Ettore Chiereguini/AGIF)
Leila Pereira havia prometido o mandato mais vitorioso da história do Palmeiras, mas seu time caiu na Libertadores e na Copa do Brasil (Ettore Chiereguini/AGIF)

Leila Pereira acabou escolhida como a grande vilã na eliminação da Libertadores para figuras importantes do Palmeiras, como o ex-presidente Paulo Nobre, o ídolo Marcos e a maior torcida organizada do clube, Mancha Verde.

Paulo Nobre e Leila são inimigos declarados há tempos e de vez em quando se criticam. Nas últimas horas, o ex-presidente usou sua conta no Instagram para lamentar a falta de força da gestão da dona da Crefisa nos bastidores do futebol.

Leia também:

"Futebol se ganha 70% dentro de campo, 10% é fator sorte e 20% são os famosos bastidores... E, pelo acontecido nos últimos jogos, não parece que exista muito receio em errar contra o Palmeiras”, escreveu Nobre, cornetando Leila e Anderson Barros, diretor-executivo de futebol que sucedeu Alexandre Mattos.

Já Marcos lamentou as escolhas da diretoria na construção do grupo. "Valeu a caminhada, amigos. F... mas é assim, nosso time é bom. Porém, nosso elenco não foi reposto à altura", alfinetou o ex-goleiro. Dos oito reforços da temporada, com investimento de R$ 120 milhões, só o zagueiro Murilo é titular.

Mas quem pegou pesado contra Leila foi a Mancha Verde, organizada que teve seu carnaval patrocinado por anos pela Crefisa. Por meio de uma nota, a torcida deixou uma pergunta no ar: “Você está presidente para fazer o time ser campeão ou simplesmente recuperar o dinheiro investido por sua empresa no time, quando você era somente patrocinadora?”

E não parou por aí: “O elenco foi reduzido, as contratações seguem o perfil de jovens promessas, com o intuito de revender (promessas que 90% não aconteceram, até o momento). A sua economia mesquinha nos fez perder a chance de mais uma final de Libertadores”.

Para fechar, a nota da Mancha mandou um recado forte: “A sua Crefisa pode dar crédito, mas a torcida não. Para você, acabou a brincadeira. Ou vira presidente (e contrata) ou peça renúncia e vire popstar, blogueirinha”.