Marcelo Paz dispara contra arbitragem após derrota em clássico

Foto: Mateus Dantas


O clássico entre Fortaleza e Ceará foi quente na noite da última quarta-feira e o Tricolor saiu revoltado com a arbitragem de Bráulio Machado.

- VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

Incomodado com as decisões ao longo dos 90 minutos, o presidente Marcelo Paz apareceu e para reclamar da expulsão de Felipe e do gol anotado pelo Vozão.

‘A expulsão do Felipe foi totalmente desnecessária, um cartão amarelo resolveria a situação, (houve) um excesso de rigor. Depois, o gol o Ceará, já tinha passado os acréscimos, ele deu dez minutos, já estava com 56 minutos, ele levou o apito à boca e não parou o jogo, quando deveria ter parado. O Ceará voltou a bola para armar o ataque, deveria ter parado o jogo ali. Um pênalti claro no segundo tempo, a bola desviou na mão do Fernando Sobral, um gesto anti-natural, desviou a trajetória da bola, ampliou a área do corpo e o VAR não se posicionou, o árbitro (de campo) nada fez; e para terminar, no final do jogo, ele termina, no segundo tempo, antes do tempo dado como acréscimo. Então, realmente uma arbitragem desastrosa’, disse Paz.

Reclamações de lado, o Fortaleza precisa reagir o quanto antes, já que o time aparece na lanterna do Brasileirão, com 2 pontos.

Na próxima rodada, o Tricolor terá uma pedreira pela frente, pois encara o Flamengo, no Maracanã.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos