Maratona de Londres incluirá opção não-binária pela primeira vez

Maratona de Londres

LONDRES (Reuters) - A inscrição pública para a Maratona de Londres do ano que vem terá pela primeira vez uma opção de gênero não-binário, confirmaram os organizadores nesta quarta-feira.

Todos os potenciais corredores no evento de participação em massa terão três opções de gênero quando a inscrição abrir em 1º de outubro: masculino, feminino e não-binário.

As corridas de elite, que operam todas sob as regras da World Athletics, não oferecerão uma opção de gênero não-binário.

"Este é um passo significativo para a Maratona de Londres, enquanto continuamos nossa jornada para tornar nosso evento verdadeiramente inclusivo", disse o diretor do evento Hugh Brasher.

A mudança foi implementada após um extenso período de revisão e consulta da London Marathon Events (LME) com o objetivo de tornar o evento a maratona mais "diversificada, equitativa e inclusiva" do mundo, acrescentou o comunicado.

O anúncio da Maratona de Londres ocorre um dia depois que a Maratona de Boston também disse que terá uma opção não-binária para quem se inscrever para a corrida do próximo ano.

A Maratona de Londres do ano que vem acontece em 23 de abril.

As três opções de gênero (masculino, feminino e não-binário) serão oferecidas a todos os participantes que se inscreverem no elemento de participação em massa da Maratona de Londres por meio de outras rotas de entrada, incluindo inscrições de caridade.

(Reportagem de Martyn Herman)