Maracanã e papo com Pelé: a única passagem da Rainha Elizabeth II pelo Brasil

Rainha Elizabeth II ao lado de Pelé no Maracanã (Foto: Reprodução/Instagram)


Uma das figuras mais importantes da história recente, a Rainha Elizabeth II, do Reino Unido, morreu nesta quinta-feira. Ao longo de seus 96 anos de vida, a monarca visitou o Brasil apenas uma vez, em 1968. E o esporte esteve presente na curta passagem pelo país.

+ Rainha Elizabeth II entregou taça da Copa do Mundo de 66 para Inglaterra

+ Mundo esportivo lamenta morte da Rainha Elizabeth II, do Reino Unido

Acompanhada de Príncipe Philip, Duque de Edimburgo, o casal conheceu Recife, Salvador, Brasília, São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro. A passagem dos membros da família real britânica aconteceu entre 1º e 11 de novembro de 1968, durante a ditadura militar no Brasil.

Em seus último dias por aqui, os dois foram convidados a acompanhar a partida entre seleções do Rio e de São Paulo, no Maracanã, que teve público superior a 100 mil espectadores.

A seleção carioca contava com: Félix, Moreira, Brito, Leônidas e Paulo Henrique; Carlos Roberto, Gérson e Paulo César; Nado, Jair e Roberto. A equipe paulista tinha: Picasso, Carlos Alberto, Jurandir, Dias e Rildo; Clodoaldo, Rivelino e Pelé; Paulo Borges, Toninho e Abel.

+ Rei Pelé lamenta morte de Rainha Elizabeth II: 'Seu legado vai durar para sempre'

Pelé marcou um dos gols (o 900º de sua carreira) na vitória da seleção de São Paulo por 5 a 3. Posteriormente, ele teve um breve diálogo com a monarca nas tribunas do Maracanã, onde ela entregou o troféu.

Segundo diálogo reproduzido no dia 11 de novembro de 1968 pelo jornal "O Globo", quando Lael Soares, chefe do cerimonial do Palácio Guanabara, apresentou Elizabeth II ao Rei Pelé, ela teria afirmado já conhecê-lo de nome.

- Eu sei. Já o conheço de nome e me sinto muito feliz em cumprimentá-lo - disse a monarca.

Pelé então pediu ao intérprete real para transmitir sua emoção em conhecer a Rainha Elizabeth II.

- Diz para ela que estou emocionado por ter participado de um jogo que contou com a sua presença - pediu Pelé.

Pelé também lamentou a morte da Rainha Elizabeth II em suas redes sociais.

- Sou um grande admirador da Rainha Elizabeth II desde a primeira vez que a vi pessoalmente, em 1968, quando ela veio ao Brasil testemunhar nosso amor pelo futebol e conheceu a magia do Maracanã lotado. Alguns anos depois, generosamente ela me condecorou com a Ordem do Império Britânico, a mais alta honraria do país - disse Pelé.