Marçal, do Botafogo, sai em defesa de Vinícius Júnior após episódio de racismo


Fernando Marçal, do Botafogo, não teve papas na língua para defender Vinícius Junior. O atacante do Real Madrid foi alvo de racismo por Pedro Bravo, empresário, durante um programa da televisão espanhola durante a semana.

+ Tiquinho vibra com primeiro gol pelo Botafogo e projeta sequência de vitórias no Brasileirão

O lateral-esquerdo do Glorioso, com vasta experiência no futebol europeu, saiu em defesa do brasileiro e afirmou que ele deve continuar fazendo o que vem exercendo na carreira.

- Acho que o Vinícius tem que continuar sendo o Vinícius e o Neymar tem que continuar sendo o Neymar. É isso que diferencia o jogador brasileiro, que são felizes jogando. A pior coisa é você pegar um Jeffinho da vida para marcar... Os moleques são lisos, vão para dentro. Quando fazem gol, eles vão fazer o quê? Meter um joinha? Os moleques são embaçados, têm que continuar fazendo aquilo que eles fazem de melhor - colocou, após a vitória sobre o Coritiba neste sábado.

- Sobre o comentário dessa pessoa (Pedro Bravo) acho que não se deve nem comentar para não da mais resenha ainda, é ridículo. O Richalison mandou um recado para ele e acho que foi leve. A pessoa vai na televisão para falar uma coisa dessas... Não vale nem a pena comentar sobre gente doida - completou.

Vinicius Junior - Real Madrid
Vinicius Junior - Real Madrid

Vinícius Júnior em ação pelo Real Madrid (THOMAS COEX / AFP)