Manoel vive ano mais artilheiro da carreira e se consolida no Fluminense

Fluminense sofreu apenas quatro derrotas como visitante em 2022 (Foto: AlexSilva/LANCEPRESS!)


Era um jogo difícil, mas com sentimento interno de que a vitória era necessária para o Fluminense, que vivia a expectativa de pelo menos dormir na liderança do Campeonato Brasileiro. No final, porém, dos males o menor e um empate por 2 a 2. E muito graças a um jogador que vive excelente fase em 2022 e na própria carreira. O zagueiro Manoel chegou a seis gols e já tem a temporada mais artilheira da vida, se consolidando cada vez mais no time de Fernando Diniz.

Manoel só tinha dois gols na temporada até desandar a marcar. Nos últimos seis jogos, tem quatro bolas na rede, mais do que muitos atacantes. Gabriel Barbosa, do Flamengo, por exemplo, tem três. Das seis vezes que deixou o dele, cinco foram sob o comando do técnico Fernando Diniz, que consolidou ele como titular.

Em termos de Brasileirão, Manoel marcou três gols em quatro jogos. Antes, para balançar a rede nessa mesma quantidade de vezes, havia precisado de 75 partidas. Ele é o nono zagueiro com mais gols na competição de pontos corridos ao lado de Rodrigo, com 19. Thiago Heleno, com 20, e Juninho, com 21, vêm em seguida.

Veja a tabela do Brasileirão

Desde a mudança de treinador, Manoel foi reserva nos cinco primeiros jogos. Depois, entrou no time misto que goleou o Oriente Petrolero (BOL) pela Sul-Americana para não sair mais. Iniciou no clássico com o Flamengo com uma lesão de Nino e depois aproveitou a ausência de David Braz após expulsão no Fla-Flu para embalar de vez. Já são 13 partidas consecutivas começando entre os titulares.

​O bom momento é ótimo para o Flu também por outro motivo: a chance da venda de Nino. O jovem zagueiro está no radar do Fenerbahçe, da Turquia, e o Tricolor espera receber uma proposta oficial ainda nesta semana por ele. Ainda não houve contato entre os clubes, mas a procura houve com o staff do atleta. Caso o campeão olímpico deixe o clube, Manoel ganha ainda mais responsabilidade para manter o nível defensivo, atualmente alto.

Diante do São Paulo, por exemplo, Nino foi ausência depois de passar mal no vestiário. Acabou cortado e substituído por Luccas Claro, que não foi bem. A zaga sofreu no primeiro tempo e levou dois gols dando muito espaço. Primeiro para Luciano e depois para Patrick. Na segunda etapa, Felipe Melo ajudou a melhorar a consistência defensiva. Mesmo assim, Manoel foi bem e mostrou ótimo posicionamento dentro da área ao fazer o gol de empate.

Com o resultado, o Flu perde a chance de assumir, pelo menos de forma provisória, a liderança do Brasileirão. O Tricolor é o quinto colocado, com 28 pontos. Na próxima rodada, enfrenta o Goiás fora de casa, quarta-feira, às 19h.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos