Maior campeão da França é rebaixado e torcida invade gramado

Maior campeão da França, o Saint-Étienne foi rebaixado no Campeonato Francês e cenas de guerra foram vistas.
Maior campeão da França, o Saint-Étienne foi rebaixado no Campeonato Francês e cenas de guerra foram vistas. Foto: (JEAN-PHILIPPE KSIAZEK/AFP via Getty Images)

Cenas de guerra foram vistas no Estádio Geoffroy Guichard, do Saint-Étienne, após o clube da casa, maior campeão da França, ser rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Francês depois de perder nos pênaltis nos playoffs contra o Auxerre. A torcida do clube mandante, que se fez presente em grande número, invadiu o gramado e atirou sinalizadores contra os jogadores, que correram em disparada para os vestiários.

Logo após a última cobrança de pênaltis, quando o Auxerre garantiu sua permanência na Ligue 1, é possível ver torcedores ignorando os pedidos e as tentativas dos seguranças do estádio para não invadirem. Estouros de bombas também foram ouvidos, além dos gritos de guerra proferidos.

Leia também:

Em pronunciamento oficial emitido pelo Saint-Éttiene, o clube rebaixado lamentou o ocorrido e afirmou que irá realizar processos para a identificação dos autores e tomar as medidas legais contra eles: "Apesar de um sistema excepcional e reforçado, de quase 500 agentes, muitos torcedores invadiram o campo no apito final da partida contra AJ Auxerre. Alguns foram então culpados de várias degradações e atos de violência contra os atores do jogo, os agentes de segurança, a polícia e o público da tribuna Pierre-Faurand. A ASSE condena veementemente essas ações, dá todo o seu apoio aos afetados e iniciará os procedimentos legais necessários".

Até agora, a Ligue 1 ainda não se pronunciou sobre o fato, sem deixar claro se o clube será punido por causa das invasões do gramado e, caso ocorra, qual será a punição oferecida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos