Maestro Júnior relembra racismo sofrido nos anos 80 e manda mensagem a Vini Jr

Junior manifestou apoio a Vinicius Jr após caso de racismo (Foto: divulgação TV Globo)


Após receber ofensas racistas por um empresário espanhol em programa de TV, Vinicius Junior recebeu apoio de grande parte da comunidade do futebol. Quem também se manifestou em apoio ao atacante do Real Madrid foi o ex-lateral Júnior, que relembrou o racismo sofrido quando atuava na Itália, em 1985.

+ Ex-atacante de Santos e Flamengo é denunciado por estupro; ele nega

- Recado ao Vini Jr! Meu camarada, queria te dizer que na temporada 84/85, quando estava no Torino, passei por essa mesma situação. Então, sei exatamente o que você está passando neste momento. Revolta, eu sei. Só que, responda a esses imbecis bailando, isto é, desfilando sua técnica e seu gingado brasileiro - escreveu Júnior.

+ AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! vai transmitir ao vivo e de graça jogos da Bundesliga a partir deste sábado

- A ofensa racista que sofri só serviu para que eu mostrasse aos racistas que a cor da pele conta muito pouco quando se trata de um bailado de felicidades. Siga bailando que a Copa te levará mais alto ainda e aí quero ver o que dirão os racistas - completou o ex-jogador.

+ Brasileiro é indicado ao Golden Boy: veja os candidatos ao prêmio

Junior sofreu racismo em jogos contra Milan e Juventus. Revelado pelo Flamengo, o ex-lateral jogou na Itália de 1984 a 1989, até voltar ao Rubro-Negro. Pelo time carioca, o ex-jogador conquistou mais de 10 títulos. Hoje, Junior atua como comentarista da Globo.