Luva de Pedreiro tem menos de 50% do controle da própria carreira, diz site

Iran Ferreira e Allan Jesus vivem imbróglio na Justiça (Foto: Reprodução/Internet)


O Luva de Pedreiro viveu uma semana turbulenta com a relação com o empresário Allan Jesus, da ASJ Consultoria. Em meio as diversas polêmicas do relacionamento, que está prestes a ser rompido, o portal UOL Esportes trouxe mais novidades. Entre elas, que o influenciador digital tem menos de 50% do controle das ações da empresa que gerencia sua carreira.

Segundo a publicação do portal, Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, tem 45% do capital social da empresa O Cara da Luva de Pedreiro Produções Artísticas SPE LTDA, criada em abril deste ano. Ela tem como objetivo principal o agenciamento de profissionais para atividades esportivas, culturais e artísticas.

Na sociedade, o empresário Allan Jesus possui 45% do controle, enquanto o influenciador Victor Melo possui os outros 10% das ações. Em outras palavras, o Luva de Pedreiro é praticamente voto vencido em qualquer decisão, caso Allan Jesus e Victor Melo se juntem para decidir algo relacionado a companhia.

+ 150 dias para a Copa do Mundo: veja fotos do hotel e do local de treinos da Seleção Brasileira

ENTENDA O CASO

Tudo começou no último dia 19, quando Luva de Pedreiro fez um desabafo durante uma live no Instagram. O influenciador afirmou que estava cansado das cobranças, mas não citou nomes. No dia seguinte, ele tirou as referências ao empresário Allan Jesus e da ASJ Consultoria do seu perfil, além de deixar de segui-los nas redes sociais.

Durante a semana, o jornalista Léo Dias fez diversas revelações sobre a situação financeira do influenciador digital. Embora tenha feito um contrato de R$ 1 milhão com a Amazon Prime Vídeo, ele só possuía um giro de R$ 7,500 na soma de duas contas. Em nota oficial, Allan Jesus se defendeu e afirmou que o influenciador tinha R$ 2 milhões para receber.

A coluna do jornalista Léo Dias também fez revelações de bastidores da relação do influenciador digital com o empresário. O Luva de Pedreiro teria recorrido a ajuda de um jogador famoso, que teria disponibilizado uma equipe jurídica para ajudá-lo na rescisão contratual com Allan Jesus.