Luva de Pedreiro: empresário teria cobrado R$ 700 mil para gravar vídeo para o Vasco, diz site

Torcedor do Vasco, Iran realizou sonho em março de ir em São Januário (Foto: Daniel Ramalho/Vasco da Gama)


O influencer Luva de Pedreiro participou de eventos em São Januário, em março deste ano, e fez bombar as redes do Vasco. Diante das notícias de uma separação do empresário por discordâncias financeiras, o 'SBT News', site do SBT, afirmou que Allan Jesus teria cobrado R$ 700 mil para que o jovem fizesse um vídeo no Tiktok do clube.

O Vasco teria se assustado com o pedido do empresário e a investida foi recusada. Mesmo assim, Luva pôde ser visto em vídeos publicados na rede social do clube, gerando 21,4 milhões de interações em sete dias. Já as visualizações foram mais de 242 milhões em 33 publicações no mesmo período.

O Vasco soube surfar na onda. Pouco após o carismático baiano ganhar proporções mundiais, o clube de São Januário convidou o influenciador e a família dele para ações na Colina. Ele esteve com Roberto Dinamite, bateu pênalti no gramado principal, dentre outras ações.

+ Desconfiado do empresário, Luva de Pedreiro gravou áudio escondido: 'Ele está dentro da minha casa'

O site do SBT informou ainda que um influencer com cerca de R$ 10 milhões de seguidores no Tik Tok cobra cerca de R$ 80 mil por um trabalho. Luva de Pedreiro conta com 14 milhões de seguidores na rede social. A norte-ameriana Charli D'Amelio, que possui 140 Milhões de fans, cobra cerca de R$ 500 mil reais por vídeo.

Versão do empresário
Allan Jesus se disse inocente de acusações de que estaria se aproveitando de Iran. Ele revelou a existência de uma terceira conta - sendo essa jurídica - em que Iran Ferreira teria acesso aos valores de acordos comerciais.

- O Iran tem duas contas de pessoa física e tem conhecimento de uma terceira conta de pessoa jurídica a qual ele é sócio. Essa conta foi criada esse ano. Todos os nossos contratos estão com essa conta para recebimento para que toda a transparência seja possível. Essa conta não teve nenhum recebimento - revelou Allan.

O empresário disse que os acordos fechados com marcas como a Amazon ainda não foram pagos e revelou quanto o influencer tem para receber.

- Nossos contratos de publicidade somam aproximadamente R$ 2 milhões e nenhum pagamento foi feito. Todos os pagamentos serão feitos a partir de julho de 2022. Até o presente momento todos os contratos ainda não foram pagos - destacou.

- Antes da nossa empresa ser aberta e ter uma conta jurídica, quando comecei a trabalhar com Iran, ele tinha feito um acordo informal com uma agência no qual ele tinha que entregar alguns vídeos no TikTok divulgando um campeonato. Eu tive que assumir, cumprir a palavra dele. Esse valor foi pago: R$ 20 mil reais. Como ainda não tínhamos a empresa eu precisei emitir nota fiscal e o valor foi depositado na conta da ASJ Consultoria - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos